segunda-feira, 22 de dezembro de 2014

Não foi presentão, foi lembrancinha, mas com o mesmo amor de sempre!




Amo dar presentes. Se pudesse, encheria os amigos e familiares de muitos mimos.
Este ano, com uma conta gigante que é ter um bebê, tive que diminuir as contas e otimizar uma série de presentes.
Acredito que as famílias vão entender.
Para os amigos de São Luís infelizmente não mandei quase nada por falta de oportunidade mesmo. Para os amigos daqui, resolvi fazer lembrancinhas que parecem comigo e que iam agradar a todos os paladares: sal temperado.
Vi no Panelaterapia a ideia e fiz quase igual, afinal, ideias boas devem ser compartilhadas.
Resolvi fazer sal temperado para a galera do trabalho e para alguns outros amigos. Usei sal grosso e temperei com ervas finas.
Fiz etiquetinhas com meus cortadores, prendi com barbante amarelo em potinhos que comprei especialmente para isso.
Ah, detalhe: é preciso lavar os potinhos e escaldar com água fervente para esterilizar.

Aqui abaixo, fiz pacotinhos com guloseimas para os nossos porteiros. O detalhe que mais amei, foram as fitinhas brancas com mensagens positivas para 2015. Fiz um pacotinho para cada porteiro, zelador e faxineiro.

Agora só faltam minhas duas vizinhas de andar. Quero fazer algo de ano novo. Acho muito gentil oferecer mimos aos vizinhos mais próximos. Nos cumprimentamos, conversamos, acabamos trocando coisas boas e algumas lamúrias também. Porque não presentear, mesmo que seja com lembrancinhas, para celebrar estarmos todos juntos e seguindo em mais um ano de muita luta?



Para você que me acompanha, mesmo que de vez em quando, meu mimo é desejar muita saúde e coisas boas para você também!

Nenhum comentário: