segunda-feira, 21 de julho de 2014

Pequenas reflexões de segunda

Foi-se o tempo em que as distâncias eram um problema para quem não mora em sua terra natal.
A não ser que você opte, ou seja, queira mesmo se distanciar das pessoas, porque se não, a saudade vai sendo amenizada dia a dia pelo telefone, pelas mídias sociais e também aguçadas pela sua memória, que deixa tudo perto e se você se esforçar, você sente até cheiro!
Ontem foi o Dia do Amigo e tive lembranças ótimas o dia inteiro.
Lembrei das festinhas que fazíamos todo 20 de julho com mega produção e lembrancinha para todos os amigos. Enquanto cozinhava umas coisinhas em casa, lembrava de amigos que não vejo mais e do quanto ter amigos é importante para a vida de qualquer pessoa. Eles te dão referências ao mesmo tempo em que você se torna a referência deles.
Lembrei que tem amigos próximos que não querem mais ser tão próximos e outros que nem eram tanto, se tornaram. Lamentei para alguns e em outros eu sorri.
E claro, pensei no quanto o marido que escolhi é amigo e cúmplice e o tanto que me conhece e sabe o que vou falar, fazer e pensar em cada situação.

Êta São Paulo que me faz pensar e avaliar a vida...

Foto: Italo Genovesi. Pedra Grande, Parque da Cantareira, SP.

Nenhum comentário: