segunda-feira, 12 de agosto de 2013

Mercado Municipal Kinjo Yamato - bem em frente ao Mercadão, mas escondidinho.

Continuando as andanças para desvendar essa cidade sem fim, fomos em mais um mercado municipal de São Paulo.
Dessa vez fomos a um mercado muito simples e sem grandes movimentos: o Mercado Kinjo Yamato, localizado quase em frente ao Mercadão, que por motivos óbvios, ofusca o Kinjo.

Numa comparação cretina e preconceituosa, mas muito didática, eu diria que o Mercadão é o primo rico e o Kinjo é o primo pobre, tal qual o famoso quadro do extinto programa Balança mas não cai.

O Kinjo Yamato serviu de suporte para feirantes e moradores, por ocasião da reforma do Mercadão em 2004. O espaço tem uma cobertura linda, tombada pelo patrimônio histórico. Pelas informações do site da Prefeitura, a cobertura foi trazida da Escócia para uma estação de trem, mas acabou ficando no mercado.

Imagino que esse seja o mercado de suporte para os moradores das redondezas, já que disputar o espaço com turistas no Mercadão para comprar 1 kg de tomate seja muito estafante, sem contar que os preços não são nada convidativos. No dia que fomos, o movimento estava muito fraco. Já era horário de almoço e dividimos nossa mesinha de cerveja com vários policiais batendo seus "pratos feitos".

Vimos banquinhas de legumes, frutas, verduras e restaurantes modestos que atendem os feirantes com pratos do dia, lanches e encomendas.
Rua do mercado, com destaque para a cobertura tombada pelo Patrimônio Histórico.

Menininha brinca em rua do mercado quase sem compradores

O mercado tem banquinhas muito simples, mas atendem perfeitamente às necessidades básicas dos moradores da região.

Rola um charuto aí?

As pimentas como sempre, dando um colorido e um tchan à vida!

Jiló. 9 em cada 10 pessoas não gosta dele. Tadinho...

Banquinhas com pimentas, mel, infusões, tinturas e cachaças.

E como não poderia faltar, banquinhas com grãos, temperos e diversos insumos, que fazem dessa cidade a capital mundial da gastronomia!
Alguém deve tá perguntando: Vale a pena visitar?
Claro que vale! Tem cervejinha, lanchinho e de quebra dá para comprar algumas frutinhas mais baratas pra levar pra casa.

Serviço:
O Mercado Kinjo Yamato fica na Rua da Cantareira, 216, Centro.
Telefone: (11) 3313-3365

2 comentários:

Anônimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Anônimo disse...

Sem movimento o dia em que o fotográfo e colunista estiveram lá,
Porém o mesmo abre as 3:00:as 15:00.
com toda certeza ha movimento antes do almoço
Os permissionarios tem muito mas lucros com entregas e pedidos externos .Nao encontr exoto com clientes varejistas.