sexta-feira, 1 de fevereiro de 2013

Festival de Saladas do Apzito - parte II

Quando a gente tá um pouco acima do peso, tenta de todas as formas fazer umas comidinhas mais leves pra compensar o pensamento (que é de gordo!) e as escorregadelas, que vamos combinar, são corriqueiras (eu por exemplo, comi dois sacos de pipoca esta semana).
Faz tempo que lá por casa só faço saladas. 
Costumo dizer que qualquer dia o maridão chega em casa com um pé de alface nascendo na orelha e eu com um pé de rúcula na outra, de tanto verde que comemos, sem contar na fotossíntese, processo que já estamos dominando perfeitamente, rá!

Desde o recesso do final do ano que não vamos à feira, razão pela qual tenho inventado pouco por esses tempos.
A feira abre um leque de oportunidades incrível, com legumes, verduras e frutas da estação, fresquinhos e coloridos.
Pelo excesso de atividades sociais, os vegetais tem sido comprados em supermercados, o que não é a mesma coisa.
Ir ao supermercado às segundas é um completo desastre! Não tem mais nada e o que tem não está de boa qualidade. Fiz isso esta semana e consegui depois de uma longa disputa com uma senhorinha meio vesga, um pacote de alface americana. Sério, ela tava com o único pacote de alface nas mãos e eu torcendo pra ela desistir, acompanhei a velhinha por onde ela andava. Fé é uma coisa, né? Pensamento positivo e zás, peguei o pacote quando ela devolveu naquelas câmaras geladinhas, sabem?
De frutas mesmo, peguei um melão e 4 kiwis e só. Nada estava assim tão bonito.

As fotos aqui são de saladas variadas e em dias variados. 
Por muitas vezes, faço coisas bem lindas, coloridas e esqueço ou tenho preguiça de registrar, mas mesmo assim, as fotos abaixo são boas sugestões para você fazer aquela saladinha para o jantar!


Salada cozida muito me agrada. Uma coisinha quentinha no estômago dá uma sensação ótima, não é mesmo?
Essa carne é um baby beef, também conseguido após alguma disputa numa segunda-feira de supermercado cheio. Fiz na frigideira mesmo com azeite e salpiquei pimenta rosa, que maridão adora.



Aqui fizemos apenas saladas, sem proteínas substanciais, só o queijinho branco em cubos: salada de folhas e de legumes cozidos.
Fiz um molho de iogurte bem azedinho pra dar um sabor  a mais.

E claro, um peixinho, que ninguém é de ferro.  Salada e peixe, comidinha leve, bem leve...

Nenhum comentário: