Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Janeiro, 2013

Corcovado: magnífico, mas estressante!

A última vez que visitei o Cristo Redentor foi há 16 anos. O Cristo é daquelas obras/atrações turísticas em que você tem a obrigação de conhecer, tendo a oportunidade, é claro! A visita vale tanto pela representatividade da obra no mundo, como pela importância para o Brasil e para o Rio de Janeiro. É realmente incrível. A suntuosidade do Cristo diante de todos nós é algo para ser admirado. A vista de cima do morro te deixa alegre e pensativo e é realmente fácil acreditar em Deus vendo toda a natureza que emoldura a cidade ali, bem diante dos nossos olhos, de uma vez só.
Fomos ao Rio de Janeiro no último final de semana, assim como tantos (e muitos) paulistanos e pessoinhas, assim como eu, que moram por aqui! A ponte aérea é uma facilidade e permite viagens rápidas e intensas, como a nossa. Na verdade, compramos com muita antecedência, o que barateou muito a viagem. Eu sou muito suspeita pra falar de diversão no Rio. Gosto de quase tudo que tem por lá: gosto do clima, das praias e do …

Aniversário Paçoquinha Amor Sing's

Maridão é uma coisa. Não gosta de comemorar o aniversário, onde já se viu? Rapidamente, contra a vontade dele, tratei de encomendar um bolo do sabor que ele mais gosta, comprei uns beliscos salgados, um vinhozinho e umas duas cervejinhas. Chamei a família pra cantar parabéns e pronto! Tudo muito rápido, muito simples e muuuuito aconchegante! Mesmo com uma coisa rapidinha e pequena, deu para "tematizar" a comemoração. O tema foi a Paçoquinha  Amor (ou Amor Sing's, se você preferir), docinho que ele gosta. Êpa, gosta não, adora! Quer dizer, AMA MUITO!!! O bolo foi de paçoquinha, os jogos americanos da vez, são dela e claro, a lembrancinha do aniversário foi a própria! (Ideia do aniversariante, que até que se divertiu em meio à comemoração discreta...).



Sobre o bolo paçoquinha, vale dizer que foi um dos bolos de aniversário mais gostosos que comi. Abriu uma Sodie Doces ao lado de casa. A doceria possui um enorme cardápio com bolos desde 1 kg. Pela praticidade, tenho compra…

Índice Augusto de Economia Turística

É chegado o verão. A estação mais quente e animada do país traz consigo um imenso movimento turístico, proporcionando o aumento dos gastos com viagens e fazendo com que as cidades turísticas aqueçam suas economias. De todos os elementos da cadeia produtiva do turismo, nenhum sente tanto essa mudança no bolso, quanto o Guia de Turismo.

O Guia de Turismo é aquela figura que ama a cidade onde vive e trabalha com afinco divulgando suas belezas, seus momentos históricos importantes e cuidando bem de seus visitantes. Está na ponta da cadeia, sendo o verdadeiro elo entre os turistas e a cidade. É ele, que com muita diplomacia, estende o tapete vermelho dos atrativos turísticos para aqueles que vieram descobrir os prazeres de uma nova ventura.

O Guia trabalha na maioria das vezes como freelancer, ou seja, sem vínculos empregatícios com agências de viagens e operadoras turísticas. Na maioria das vezes possui um cadastro nas empresas e se coloca à disposição para trabalhos de condução, acompa…

De domingo a domingo

Tenho sentido falta de mim mesma, de segunda à sexta-feira. Sinto que aos poucos estou ficando mais seca, mais dura, menos visceral. Talvez seja a distância das minhas raízes, dos amigos de sempre. Estar nessa torre de babel deixa-nos com o "couro curtido" e com a cara grossa e dura pelos tapas e  cuspes fora de hora. O meu velho "não preconceito", minhas "não-amarras", minha "não competição" estão adormecidas e por vezes não me reconheço mais.
Posso dizer claramente que não estou gostando de mim, de segunda à sexta. Pensei nisso hoje o dia inteiro, atolada de trabalho. Trabalho... Sempre o trabalho regendo o mundo e nossas vidas. O que eu seria sem ele? Nada. Talvez tudo.
Saudade da Bia de sábado e de domingo. Saudade da Bia do feriado. Saudade da Bia gargalhando alto e fazendo palhaçada o dia todo, de domingo a domingo.

Bom dia Trabalhador!

Ei, você (e eu), que já reclamou hoje do transporte público;
Ei, você (e eu), que já desconjurou não ter nascido milionário;
Ei, você (e eu), que esqueceu que está muito bem de saúde e falou mal da segunda-feira...

Dá uma olhada na foto que tirei hoje cedo e vai catar coquinho!

Bom dia!

Os Saltimbancos Trapalhões, o clássico!

Assisti quase todos os filmes de Os Trapalhões.

Na época, eram lançados dois filmes por ano, fato improvável em dias atuais. As filas eram enormes e as salas de cinema viviam repletas de crianças apaixonadas pelos quatro trapalhões mais engraçados da TV.

Eu esperava loucamente pelos filmes.
Sabia as histórias, as músicas, atores e tudo.
De todos os filmes, sem dúvida nenhuma, Os Saltimbancos Trapalhões foi o que mais marcou nossa geração em toda a filmografia deles. Acho que o enredo, a trilha sonora, o Chico Buarque, a Lucinha Lins, enfim... tudo isso fez esse filme inesquecível, como todo clássico!

Quando conheci o maridão, falamos desse assunto numa mesa de bar e começamos a comprar os filmes para montar uma coleção. Eu em São Luís e ele aqui em São Paulo.

Temos quase toda a coleção dos trapalhões, embora tenhamos só os que estão apenas o Didi, o Dedé, o Mussum e o Zacarias, sem astros da Globo, como Xuxa, Angélica, etc.
Garimpando por aí, maridão achou essa pérola: a trilha sonor…

Bobó de Camarão. Receita versátil como entrada ou prato principal.

Resolvi fazer um bobó de camarão para o Reveillòn aproveitando a tradição de não se comer aves nessa data. Decidi pelo bobó porque é quentinho, fácil de comer e não é tão substancioso, já que nessas datas a quantidade de comidas nas mesas beira o absurdo.
Resgatei da memória os que mamãe fazia em São Luís e juntei com uma receita que vi no livro de culinária que a Andréa (cunhada) me deu de Natal.
Não segui a quantidade proposta no livro. Fiz a coisa mais pelo instinto que pela receita propriamente dita. Esses pratos vão muito do paladar de quem faz e para quem você faz! Tive que adaptar e a primeira coisa que tirei na receita foi o cheiro verde. Paulistanos não gostam de coentro e tive que fazer a receita com salsinha e cebolinha apenas! A segunda foi o azeite de dendê. Vai que o povo come e no dia seguinte tá todo mundo no banheiro? Deus me livre, né?
Vamos aos ingredientes:
200 grs camarões frescos 1/2 kg de Macaxeira/Mandioca/Aipim 1 garrafinha de leite de coco 1 copo de leite  1…

Parque Estadual da Cantareira: trilhas para todos os públicos e idades

A Serra da Cantareira é uma das maiores florestas urbanas do mundo com 64.800 hectares de área divididos entre os municípios de São Paulo, Guarulhos, Mairiporã e Caieiras.
Dentre os inúmeros atrativos da Serra, está o Parque Estadual da Cantareira, localizado a 10 Km do centro de São Paulo.

Resolvemos dar um pulo por lá pra fazer a trilha da Pedra Grande, mais extensa e mais difícil trilha do Núcleo Pedra Grande, a convite do André e da Carlinha, que estão numa "vibe fitness" de arrasar!

Chegamos por volta das 10h da manhã e encerramos nossas atividades por volta das 13h30.
Percorremos perto de 11  km, entre a Trilha da Pedra Grande e o Lago das Carpas, com paradas para um lanche rápido na pedra grande e fotinhos ao longo das trilhas.

É tudo muito bacana e o microclima existente entre as árvores é uma delícia! Pudemos ver esquilos, borboletas e inúmeros insetos ao longo da caminhada.

Também pudemos ver muitas pessoas jovens caminhando, grupos de meditação, inclusive família…

Diletto inaugura Flagship

A esquina da Alameda Lorena com a Rua da Consolação, nos Jardins, em São Paulo, ganhou um sabor mais do que especial. A Diletto, marca de sorvetes gourmet com matéria prima italiana, acaba de inaugurar no local sua primeira Flagship.
Em pleno momento de expansão no Brasil, e com apenas 4 anos, a Diletto apresenta ao público sua loja conceito que traz novidades, produtos e equipamentos totalmente selecionados, como a máquina Cattabriga, sofisticada e tradicional na produção de sorvete , que utiliza o mesmo método desde a década de 20, além do cardápio de picolés e cups produzidos e comercializados atualmente pela empresa.

Projetada pela internacional Rocco Vidal  + PW, a decoração do espaço foi inspirada na Itália e traz uma leitura moderna e sofisticada. Entre os diferenciais, destaca-se o espaço consigliere, uma área vip no segundo piso da loja restrita a convidados, eventos, encontros  e degustações  que ficará  aberta ao público aos finais de semana.
Outro serviço exclusivo da loja é …

Larica Total, um programa da contracultura gastronômica!

Sabe assim, um programa que desconstroi o modelo "chef chato" se ser? Sabe quando alguém fala loucuras e você acha divertido sem ser blasé? Pois é. O Paulo faz isso. Ele erra, faz contravenções gastronômicas (e que contravenções!), tem uma faca total flex e uma panela preta igual a muitas que temos em casa. Ele tem uma cozinha de verdade, com panelas sujas, com pirex mal armazenados, uma pia com o azulejo faltando e um fogão não muitas vezes limpo. Ah, não venha me dizer que sua cozinha é sempre limpa parecendo de novela! Esses modelos de cozinha só existem em lojas de cozinhas planejadas! Eu, por exemplo, sempre quis uma cozinha com as coisas aparecendo, com cara de cozinha, sabe? Com   tudo à mão, pronto para ser utilizado, embora ainda não tenha a minha cozinha do coração. Gosto assim, das coisas meio bagunçadas.... O Larica Total é assim! Um programa da contracultura gastronômica!
Se você possui o Canal Brasil, assista às terças-feiras às 21h30 o Larica e morra, morra d…

Vinis, Cd's e coisa e tal.

Estou ouvindo Tulipa Ruiz já há algum tempo. Gosto do timbre da sua voz e aí acabo gostando das letras das músicas, inexplicavelmente. Acho um som bacana, mas não tenho nenhum Cd ainda. Ouço da net e coisa e tal. Semana passada vi na Livraria Cultura os vinis que estão sendo lançados, inclusive o dela. Fiquei alegre e triste.
*** ALEGRIA
Aquilo que parecia natureza morta, ou seja, aquilo que tinha virado decoração de festa retrô, deu a volta por cima, virou cult. Entrou na moda. Tá bombando! De repente os jovens começaram a descobrir a delícia de virar um disco do labo A para o labo B e os adultos e velhos que ainda desfrutam dessa tecnologia e que já tinham vivido isso, estão saltitando por não terem jogado fora caixas e caixas de história de vida e boemia.
 *** TRISTEZA
Tenho lindas memórias dos discos da minha mãe.  Incríveis histórias das festas que sempre aconteceram na minha casa embaladas a Beth Carvalho, Martinho da Vila, Maria Bethânia, Bumba-meu-boi e claro, o Fino da Fossa

Blog Matraqueando relata São Luís de forma honesta!

Não consigo lembrar da última vez que li matérias sobre São Luís e o Maranhão tão verdadeiras. Fazia tempo que meu coração não saltitava ao mesmo tempo de orgulho, de tristeza e de esperança. O Matraqueando é um blog lindo. Sou apaixonada por tudo que nele está exposto. A Silvia Oliveira, editora do Blog, foi a São Luís no ano passado e fez alguns posts muito bacanas... Emocionei quando vi que a Silvia lembra do texto do Ricardo Freire de 2005 falando do Camarão da Luzia, no qual ainda tenho guardado pelos meus arquivos. Eu também tive a mesma sensação dela ao ler a matéria na época: "ainda irei comer esse camarão"! Pouquíssimo tempo depois eu conheci a Luzia, comi e repeti o camarão, e fiz a travessia do Parque Nacional a pé. Alguns anos mais tarde, levei o então namorado, hoje marido, pra fazer o trajeto e experimentar o tal camarão.   Ele também virou fã!
Seguem os links das matérias para leitura e apreciação. Sobre São Luís Sobre a Raposa E sobre o camarão da Luzia!
Silvia…

Brigadeiro é brigadeiro!

Brigadeiro, é brigadeiro, nénão? Pode estar em baixa, pode estar em alta, mas o que não muda de jeito nenhum é o sabor inigualável! Delícia que é garantia de sucesso em qualquer festinha, o doce tipicamente brasileiro enche os nossos olhos e nos dá água na boca, sem contar no gosto de infância que ele nos traz imediatamente após a primeira mordida! Há anos que não fazia em casa brigadeiros... É fazer e ter a certeza de comer toda a panela! Pra evitar esse fato certeiro, deixei de fazê-los e andei comendo uns por aí pelas "brigaderias" da vida.
Os brigadeiros da foto foram feitos pelo maridão para o meu aniversário! Com a paciência e talento que ele tem para a cozinha não podia ter ficado diferente. Ficaram macios, cremosos e com o doce na medida certa! A frescurinha do brigadeiro foi por minha conta, já que comprei um chocolate amargo especial para enrolá-los. Depois da onda de brigadeiros gourmet, nada mais de enrolar docinhos com confeitos de açúcar, certo? Comprei um aut…

2013

Curta curta curta cada momento desse novo ano e seja muito feliz!