terça-feira, 11 de setembro de 2012

João de Barro: casa própria, exibicionismo e poesia



O bom da vida são as surpresas que de vez em quando se apresentam para nós!

É maravilhoso saber que a cada dia você tem novas possibilidades e que a qualquer momento, você pode se deparar com algo inusitado e lindo.
Vejam só o João de Barro: faz seu lar em qualquer espaço que Deus dá e mora lindamente numa casinha própria, feita com seu esforço.
Não precisa de luxo, de decoração ou mesmo utensílios da moda.
Simplesmente vive e faz da vida de quem o vê, uma poesia.
Simples assim.
Ficamos parados observando por alguns instantes a casinha acima.
De repente, seu dono, o "aparecido" João de Barro, saiu, estufou o peito, posou para a foto e voltou para seu recanto sem a menor cerimônia. Achamos muito engraçado!

Mas quem disse que a vida pra ser poética, não pode ter uma pitada de exibicionismo, não é mesmo?

Bom dia!


Endereço do João de Barro acima:
Árvore à direita de quem desce a rampa em direção à Rua do Hipódromo na estação Bresser-Mooca.
Mais ou menos, 5º andar...
Fotos: Italo Genovesi

Um comentário:

Anônimo disse...

Essas coisas sempre me emocionam.Adorei.