sexta-feira, 1 de junho de 2012

Lembranças...


Vejo essa casa e meu coração vai longe...
Vai lá pro sertão...
Sinto cheiro de mato...
Sinto a quentura do Nordeste...
De repente acho que são 6h da tarde num rincão longe de barulho, confusão...
Lembro-me da minha vó...
Meu coração se aninha...
O tempo para...

Mas os segundos das lembranças correm e as pessoas voltam a falar alto, os carros buzinam, e meu cabelo balança com o vento que passou por mim junto com o ônibus apressado.
Estou na Mooca e em São Paulo...

Nenhum comentário: