quinta-feira, 12 de janeiro de 2012

A decisão sobre Cuba - parte II

Até explicar para mamis que até onde sabemos, as coisas para turistas são bem diferentes que para os cubanos e para papai, que iremos tomar cuidado com tudo e que não aceitaremos nenhum pacotinho, levaram-se alguns dias.
Quando falamos para alguns amigos mais próximos, alguns disseram "legal", outros "que diferente", alguns "que delícia", os muito amigos saltitaram de alegria e outros (não tão amigos assim) que não acreditaram, mas não botar fé no projeto dos outros é algo também muito comum pelo mundo, não é mesmo? 
Mas é claro que não desistimos e continuamos nossa missão de fazer uma viagem de Lua de Mel, que para nós, não tem prazo. Aliás, fizemos uma muito legal no primeiro ano de namoro: 15 dias percorrendo a Rota das Emoções. Temos ótimas lembranças...
Passando essa etapa, fomos à caça de alguém especializado em roteiros "diferentes" e embora eu tenha agentes de viagens incríveis em São Luís, Cuba não é um destino fácil. Todas as limitações do País e todas as ressalvas pesquisadas precisavam me levar a alguém com experiência comprovada, ou seja, que tivesse ido lá. Pelo menos isso me fez sentir mais tranquila.
Não que dessa forma eu tenha a garantia de que nada dará errado, não é isso, mas as informações que eu precisava, só poderiam estar com alguém que já pode estar lá, que vivenciou Havana e seus encantos.
O destino me levou até Roberta. Ela já foi a Cuba e nos explicou de que forma seria melhor, baseado em nosso perfil.
De cara descartamos Varadero, que embora seja muito linda, é um destino muito comum e vive cheio de americanos. [Como maridão diz, "não gostamos de americanos", hehe]

A sugestão então foi Cayo Largo, que é um pedaço petit do paraíso e é onde realmente iremos descansar. O Ricardo Freire também orienta de que é muito mais charmoso, com menos gente e badalação e confesso a vocês, não quero nada mais que sol, praia, paz, amor e uma bebidinha gelada que ninguém é de ferro!
Após resolver os quiprocós para tirar o passaporte, fomos aos poucos nos acostumando à ideia de viajar e também nos acostumando aos termos, nomes e atrações turísticas.
Ganhamos um guia turístico do nosso amigo Gil, da Livraria Cultura e pronto. Os pensamentos e os preparativos, se iniciaram...

Continua amanhã...


Serviços:
Caso queiram os serviços turísticos mais bacanudos e personalizados em São Luís, é só procurar:
Patrícia Arantes, aqui e aqui ou
Francisco Junior, aqui.

E em São Paulo, procurar Ana Roberta, aqui.

2 comentários:

Igor Movie disse...

Que Legal Bia, lembro q vc já falava dessa viagem quando eu estava ai.Vc vai quando? Já tô querendo ver as fotos.
Bjos...

Ócio, viagens e gastronomia disse...

Igor, vamos na segunda dia 16.01. Ai, teremos muitas fotos, pode acreditar! Deixei recadinho no teu face. vê lá. Bjs