quarta-feira, 10 de agosto de 2011

Bar da Dona Onça

O Bar é esse aqui: badaladíssimo na cidade!
Fomos resgatados por um amigo durante uma andança pelo centro.
Estávamos bem pertinho...


Fica embaixo do Edifício Copan na Avenida Ipiranga, emblemático prédio residencial no centro de São Paulo.
Para melhor definir esse prédio, poderíamos dizer lendário...

Dá sim pra ver o céu. E nesse dia, vou contar, estava divino...


Primeira personagem: eu. 
Sentada numa mesa estrategicamente colocada na entrada do bar. 
O dia estava lindo. Fazia calor...

Mais dois personagens: Carlinhos e Italo.

Quarto personagem:  Luizinho, outro amigo querido.

Pois bem. As pessoas iam se se emaranhando na porta do bar e a nossa mesa, como era a mais desejada do pedaço, foi sendo alvo de muitos olhares.
Como bons de hospitalidade que somos, fomos chamando o povo pra sentar...

As duas estavam numa alegria só. Embora não saiba o nome das duas, sei que são habituês.

Famoso Julinho, grande personalidade da boemia paulistana. Sentou, bebeu e contou histórias

Mais gente sentou conosco: Tércio, professor de Cosmetologia.
Mora há seis anos em São Paulo. É de Pernambuco.
[Já devia ter aprendido que essa posição com o braço assim não dá!]

Italo e Ledusha, poetas.

Por fim chegou a dona do bar, Janaína Rueda e veio nos trazer, adivinhem o que?
Leite de onça. Socorro Jesus!

A tarde foi muito divertida e agradável. O bar faz jus à sua fama. É  bom, divertido e descolado!
As pessoas (passantes e fixos, hehe) em volta da mesa fizeram a tarde mais agradável ainda...
Estava completamente lotado. Durante toda a tarde teve fila de espera.
As comidinhas são muito bacanas e diferentes. Comemos linguiça artesanal e língua de boi, comidinhas, que eu poderia dizer, não muito convencionais.
Não convencional também foi o que pude observar em uma mesa ao lado:  um casal pediu algo que veio acompanhado de torradas. Nada demais até aí, mas vi que junto vem uma latinha de manteiga aviação! Ou seja, você pode por a quantidade de manteiga que quiser! Não é bacana, isso?
Nunca vi em nenhum outro lugar. Gostei bem!



Pensam que o sábado terminou? Não!
Segura aí que vem mais! 




As ideias e opiniões do post são de inteira responsabilidade da ociosa editora deste blog.
Não patrocinado.
Pessoas, coisas mais importantes nesse post.

Nenhum comentário: