quarta-feira, 15 de junho de 2011

Se

Se eu estivesse no Centro Histórico da minha terra, sentada em um daqueles becos meio "mal assombrados" veria o eclipse.
Se eu estivesse em Jericoacoara, veria também estrelas muito brilhantes.
Se por acaso estivesse em Humberto de Campos, de tempos atrás, eu teria o céu mais lindo que alguém pode ter. Igual àqueles que aprendemos a desenhar quando somos crianças: céu azul, limpo, estrelas e lua clara.
Sem precisar de poste. Sem precisar de teto.
Só de boa companhia...

Nenhum comentário: