domingo, 24 de abril de 2011

1 Dia de alegria!

Primeiro que não dormi.
Cheguei em São Luís as 4h da madruga, deitei as 5h e acordei as 7h para tomar café e "marocar' tudo com mamis, vovó e tia Leila.
Mal cabia em mim de tanta saudade. 24 horas do sábado eram nada perto da minha sede pela cidade e pelas pessoas.
Fiz tudo intensamente e nem sei como fiz. Deixei de ver tanta gente e comprar umas coisas que queria que nem sei, mas o tempo, como sempre, meu inimigo número 1!
Fomos à festa, chegamos quase de manhã e dormi 3 horas. Depois do almoço viajei e desmaiei ao chegar em São Paulo.
Justo!

Esse bebê aí tem 1 litro e passamos o dia todo bebendo assim: de litrão! Gostei bem.

Bom, a feira da Praia Grande, vocês sabem: É uma desordem só!
Calor, desorganização e litrão foram os ingredientes da tarde. 
Nada disso importa! Feira é lugar bom para tomar cerveja!

Dadá apareceu para alegrar todo mundo, como sempre.
Tem um poder incrível de fazer tudo ficar divertido...

Nem era 15h e eu já estava de ressaca.
Refrigerante Jesus é batata. A indústria farmacêutica ainda não descobriu isso...


Não "tá" parecendo Dona de uma "boca de fumo"?
Ó a moral...


Esse ar sério é só disfarce, hehe.

Não sei que horas era isso, mas pelas caras e como já estávamos no Cantinho da Estrela, imagino que passava das 16h.

Contar histórias, a maior dom do maridão.

Êta lêsera....

Ops, lesêra é aqui.

Prosa boa...


Nenhum comentário: