quarta-feira, 16 de março de 2011

Pousada Vila da Prainha_Ilhabela

Não conhecer o lugar e escolher tudo via internet é sempre uma loteria.
Quantas vezes não escolhemos diversos produtos via internet ou até mesmo em catálogos e quando vemos... a coisa decepciona?
A Pousada que ficamos em Ilhabela, escolhemos pelo site, sem muito critério. Googlamos e na lista sugerida, fomos clicando...
Eu não conhecia nada e pouco me importava ficar na Praia do Julião ou no Centro. Escolhemos pelo colorido e pelas descrições. A localização não foi o essencial.
Por ser carnaval, os preços estavam um tanto inflados, apesar de Ilhabela ser um recanto de gente "granada" e todo mundo saber disso.
A Ilha é grande e as praias vão se espalhando ao redor dela (sic), ficando o centro (Vila), não no centro propriamente dito, mas a Noroeste.
Ficamos hospedados na Praia do Julião, pequeniníssima faixa de terra com um barzinho de apoio. Da pousada precisa-se atravessar a rua e descer uma ladeirinha (ver fotos abaixo). 
Praia diferente das do Nordeste, que costumam ser aquela imensidão de areia e mar. No Julião existem pedras, morros e ilhotas ao redor.
Mas voltando à Pousada, sim, gostei bem dela, embora prefira de uma próxima vez, ficar mais perto do centro e não precisar de carro para me deslocar para coisas básicas como comprar algo no mercado, reforçando aquela velha opinião: é no centro que as coisas acontecem e praia é programa. Dá pra ir de carro!
Da pousada também dava pra ir a pé para a Praia Grande, praia mais popular e um pouco maior, que também fomos e gostamos mais do preço. As long necks custavam R$ 3,50, ao contrário na do Julião que era R$ 5,00.

Mapinha roubado da intenet. Dá pra ver bem.

São 14 Uh's. Ficamos embaixo para nossa sorte. 
Não gosto de ficar em cima com esse tipo de estrutura. Faz muito barulho... hehe.

Colorido e frio (de tempo e não de hospitalidade).

A porta que está aberta é a recepção.
Todos os recepcionistas muito simpáticos e atenciosos.

Muito verde no meio da pousada.

A piscina decepciona um pouco, mas quebra um galho.
Não utilizamos churrasqueira nem bar. Levamos um isoporzinho pra manter a bebedeira em dia.

Aqui é o espaço gourmet com churrasqueira.
Bem rústico, mas agradável.

Esse espaço você pode reservar e utilizar como achar melhor.

Por causa do verde e do tempo, achei a pousada um pouco úmida.
É a desvantagem de ter uma estrutura com muita madeira.

Não entrei na piscina nenhum dia sequer. Morrer de frio? Jamais!
Os meninos usufruiram bem, apesar do reclamarem do tamanho.

Adorei essa cadeira. Quero uma quando tiver um jardim!

Em cada apartamento tinha um guarda-chuva na porta e repelentes elétricos.
Achei muito simpático essa ideia do guarda-chuva.

A pousada fica no lado oposto de onde estamos, na altura do estacionamento com mais carros.
Para a praia do Julião, 3 min.

Chegando aqui, é só descer a rampa e chegar na praia, que claro, merece um outro post!

Para acessar a pousada, aqui!

2 comentários:

Leticia Guilhon disse...

Tia (kkkkk...pra lembrar os tempos de faculdade) Já sei da existencia desse Blog há muito tempo, mas nao sei pq aproveitei um marasmo no trabalho e comecei a ler TODOS os posts...hehehehhe...a cada post ums surpresa...muito boa por sinal! Bjinhos da sempre aluna.

Ócio, viagens e gastronomia disse...

É isso aí! Tem tempo livre? Passa aqui, hehe!
Que saudade dessa aluna querida meu Deus!
Sei que agora é chef, então porque não faz uma comidinha especial e manda para nós? Porque não se torna a chef oficial desse bloguito, heim?
beijos muito saudosos...