terça-feira, 1 de fevereiro de 2011

1808

Terminei de ler o livro 1808 de Laurentino Gomes.
Traz de forma descritiva e objetiva um panorama da vinda da Família Real Portuguesa para o Brasil e sua permanência por 22 anos. Agora entendo a raiva dos portugueses em relação a nós. É inveja, ciúme... Tempos difíceis pra eles lá...
Gostei muito de lê-lo.
Gostei também de saber que D. João foi ao mesmo tempo benfeitor e algoz das nossas vidas! Eu tinha uma impressão meio boboca dele, aquela coisa meio filme "Carlota Joaquina".
As qualidades não mudaram muita coisa, é verdade, mas agora tudo está mais claro. Pelo menos sobre o tamanho desse país e sobre sermos uma única nação, com a mesma língua e mesma brasilidade. Isso devemos a  ele.
Sem a vinda da corte portuguesa pra cá, o País poderia ter se desfacelado em três e a parte mais pobre (leia-se Nordeste), sempre sofrendo, seria um segundo Haiti nas Américas.
Pena o País ter crescido em meio a muita corrupção.
Os resquícios estão ai, firmes e fortes, pra quem quiser ver.
Agora quero ler sobre a independência, o 1822. Esse me interessa muito!

Um comentário:

maria faz bolo disse...

oi,amore.letícia está lendo esse livro,é paradidático da escola.eu também já dei uma lida,e já gostei.ao contrário de carlota ele(d.joão)amou muito o brasil.saber é muito bom,né?grande bjo.