quarta-feira, 15 de dezembro de 2010

Carta resposta do Panetone da Rosana


Agora fiquei me sentindo o penetone... tô confusa!!!
_________________________________________
Talvez você tenha lido a carta de despedida que escrevi para o Panetone de Natal. Pois a Mariza deixou um comentário expressando seu desejo de conhecer a resposta do Panetone para mim. Não poderia frustrar o pedido da querida leitora, por isso, publico a carta-resposta do Panetone para mim:
Cara Rosana,
Antes de mais nada, muito obrigado. Não é sempre que tenho a oportunidade de me manifestar em público.
Primeiramente quero dizer que, como bem observou sua leitora Luma, o que engorda não é o que você ingere entre o Natal e o Ano Novo, mas tudo o que você come entre o Ano Novo e o Natal, portanto já começo aqui minha defesa.
Sou um panetone fofo, honesto, digno e correto. Estou dentro do prazo de validade e, sobretudo, fui dado a você como presente. Portanto, não seja ingrata com quem me ofereceu a você. Além disso, sou nutritivo, saboroso e, como você não há de negar, gero muito prazer para quem sabe me apreciar.E se você não que queria desde o começo, deveria ter me doado para alguém que tem fome. Sem querer ser grosseiro com meus amigos legumes, você pisou na jaca.
Sei que você nutre grande admiração por mim e que sua intenção de me deixar está muito mais ligada a sua incapacidade de administrar seu peso do que a qualquer tipo de insatisfação comigo. Quanto a isso, não há nada que eu possa fazer. Sou apenas um panetone. Não posso atuar como seu personal trainer, nem seu nutricionista, massagista ou psicólogo.
Sinto muito pela sua decisão. Sei que ainda vamos nos encontrar em outra ocasião, porque conheço os seres humanos e sei que assim como minha massa é mole, a carna é fraca. Você ainda vai ter uma recaída.Não encare isso como uma praga, mas como uma constatação de uma criatura que entende muito das tentações do Natal.
De qualquer forma, quero agradecer os bons momentos que passamos juntos. Quero também, outrossim, defender as frutas cristalizadas, pequenos pedacinhos coloridos cheios de boas intenções que em nada ofendem o fino paladar do consumidor.
Acho que você está carente. Se eu tivesse bracinhos, daria um abraço em você.
Por enquanto, feliz Natal.
do seu sempre,
Panetone

Blog da Rosana aqui!

Nenhum comentário: