quarta-feira, 15 de dezembro de 2010

Beberagens

Gosto desse termo.
Acho bem regional e me remete também a bebidas que fogem do tradicional.
Incluo nesse coletivo os "lambedores" (infusões com ervas, mel e limão que nossas avós curavam nossas tosses e gripes), chás e "vinhos" de frutas típicas do Norte e Nordeste como buriti, bacaba, juçara, dentre outros, além, é claro, das bebidas alcóolicas, sucos de frutas e afins.
No apzito tem sempre um "negocinho" rolando...
Uma das bebidas que sempre tem por lá é Campari, porque como o marido (cof cof cof) vive dizendo: "Só ele é assim".


Para estabilizar a serpentina e dar uma energizada no estômago, cansado de tanta cerveja da noite anterior, precisamos de uma dose no domingo.

Essa coqueteleira veio de brinde na última garrafa que compramos.
Bonitinha, né?
Tem a marcação para vários drinks com as quantidades de insumos.

Esse drink tem campari, soda e suco de limão.
Bastou, pro estômago dizer: "Estou prontinho para outra" hehehe

Domingão foi dia de beberagens diferentes lá por casa.
Comprei essa Itubaína retrô pra decorar a cozinha e claro, achei por aqui uma autêntica Cajuína.
Adoro! Aprendi a gostar em Parnaíba e foi maravilhoso relembrar seu sabor.
Tem bastante ácido fólico, que é bom pra moçoilas na casa dos 30...
Bebi e lembrei do Piauí na hora... Delícia!

Detalhes dos rótulos.

O Campari é uma bebida considerada Bitter, ou seja, uma categoria muito especial na alta gastronomia.
Quer saber mais sobre isso?
Aqui

Nenhum comentário: