terça-feira, 26 de outubro de 2010

Sobras

O que sobra pra você do seu dia com oito horas de trabalho é mais ou menos a borda seca da pizza; o "pregado" do arroz; diria até o farelo do pão; a última fatia do bolo solado; uma colher de farofa no meio de um vendaval ou mesmo meio copo de refrigerante sem gás.
Agora saio, pernas bambas, cabeça a mil, corpo cansado, cabelo horroroso, roupa amassada, maquiagem passada, pé doendo, enfrento o mundo pra chegar em casa e embora livre, não consigo fazer absolutamente nada inteligível.
A vida corporativa é isso aí. É para quem gosta mesmo.
Ou para quem precisa, como eu!
Criei algumas "Séries Corporativas", que pretendo mostrar em breve.
Já lancei algumas no twitter hoje: Série "sono depois do almoço" e "uma hora pra tocar a campainha". Leiam na coluna à direita "Por agora".



Agora sim, vou pegar meu farelo de pão...

2 comentários:

maria faz bolo disse...

ei,pregado de arroz é muito bom.se for de toucinho então.adorooooo.bjos.

Ócio, viagens e gastronomia disse...

E eu Cica? Adoro também.
E quando mamis bota caldo de feijão?
Ai ai ai...