quarta-feira, 30 de setembro de 2009

51º Prêmio Jabuti

Criado em 1958, o Jabuti é o mais tradicional prêmio do livro no Brasil. O maior diferencial em relação a outros prêmios de literatura é a sua abrangência: o Jabuti não valoriza apenas os escritores, mas destaca a qualidade do trabalho de todas as áreas envolvidas na criação e produção de um livro. As 21 categorias do Jabuti 2009 contemplam não só estilos – Romance, Contos e Crônicas, Poesia, Reportagem, Biografia e Livro Infantil – mas também a Tradução, a Ilustração, a Capa e o Projeto Gráfico.

Anualmente, editoras dos mais diversos segmentos e escritores independentes de todo o Brasil inscrevem milhares de obras em busca da tão cobiçada estatueta e do reconhecimento que ela proporciona. Receber o Jabuti é um desejo acalentado por todos aqueles que têm o livro como seu ideal de vida. É uma distinção que dá ao seu ganhador muito mais do que uma recompensa financeira. Ganhar o Jabuti representa dar à obra vencedora o lastro da comunidade intelectual brasileira, significa ser admitido em uma seleção de notáveis da literatura nacional.
Em 2009, foi batido o recorde de inscrições no Jabuti: 2.573 obras, cerca de 20% a mais que em 2008, quando participaram 2.131 publicações. Confira alguns vencedores (das categorias que mais gosto!):
Poesia
1º lugar —“Dois em um”, Alice Ruiz S. (Editora Iluminuras)
2º lugar —“Antigos e soltos: poemas e prosas da pasta rosa”, Instituto Moreira Salles (Instituto Moreira Salles)
3º lugar —“Cinemateca”, Eucanaã Ferraz (Schwarcz)
3ºlugar - “Outros barulhos”, Reynaldo Bessa (edição do autor)
Contos e Crônicas
1º lugar —“Canalha! – crônicas”, Fabricio Carpinejar (Editora Bertrand Brasil) - apreciem aqui
2º lugar —“Ostra feliz não faz pérola”, Rubem Alves (Editora Planeta do Brasil)
3º lugar —“Os comes e bebes nos velórios das gerais e outras histórias”, Déa Rodrigues da Cunha Rocha (Auana Editora)
Romance
1º lugar —“Manual da Paixão Solitária”, Moacyr Scliar (Schwarcz)
2º lugar —“Orfãos do Eldorado”, Milton Hatoum (Schwarcz)
3º lugar —“Cordilheira”, Daniel Galera (Schwarcz)
Em 2008, em Contos e Crônicas, ganhou Ferreira Gullar com o livro "Resmungos".
Já tentei comprar várias vezes, mas ainda não consegui!!!
Para ver resultado completo, veja aqui

movimento retilíneo uniforme.

Meu computador em casa deu pau e não liga mais. Minha internet 3G é uma meleca mole. Meu técnico de informática ainda vai ver se tem tempo de ir no apzito hoje a noite pra providenciar tudo. Não pude dar aula ontem a noite. Fui a um evento ao invés. Tive qua achar o numero do meu PIS que não sabia por onde tinha anotado. Estou cheia de trabalho e não consigo terminar. Trabalho muito e tô demorando a ver o resultado dele. Acessei o r7 pra ver como é tudo por lá. Gostei mais ou menos. Preciso fazer unha. Tenho um evento pra organizar na faculdade. Vou tomar um burn. Meu cabelo tá horroroso. Tô de dieta. Amanhã é aniversário da minha amiga mega promo agente de viagens. Vou ter que sair agora. Volto assim que der.

terça-feira, 29 de setembro de 2009

Programação Museu Histórico e Artístico

Vejam a programação bem bacana do Museu Histórico e Artístico do Maranhão para hoje e amanhã:
Dia 29/09 - turno vespertino
Visita guiada e performance com atores com figurino de época, declamando poesias de autores maranhenses.
Dia 30/09 - turno matutino (9h30min)
Palestra: "Pluralidade Culturale Dieitos Humanos: a comtemporaneidade dos museus históricos" ministrada por Rafael Zamorane- Historiador, do Museu HistóricoNacional.
Compareçam. Entrada gratuita!!!

I want to "dence"!!!!

Que vontade de ir nesse casarão e remexer o esqueleto, rsrs!!!

Colaboração: Paulinha Alcoforado, que tá sem nadinha pra fazer e fica me mandando essas pérolas. ADORO!!!!!

Era uma propaganda


Há duas semanas vi o out door da lanchonete BEBELU e achei curioso. Falava assim: aproveite suas férias e vá ao BEBELU (ou mais ou menos assim!)

Pensei: como assim férias? Estamos nas férias? Feriado?

Nada combinava com nada, mas registrei aqui rapidinho e deixei passar. Essa semana tiraram parte do out door e o deixaram como na foto acima.
Aí você pode pensar "tudo bem, foi um só. Aconteceu alguma coisa e tudo bem". Não ocioso querido, em toda a cidade fizeram isso, ou seja, todos os out doors estão com esses buraquinhos quadradinhos...
Boa maneira de gastar uma grana, não???


Colaboração: Paulinha Alcoforado

segunda-feira, 28 de setembro de 2009

Energético

Início da semana e já estou pedindo um energético.
Início da semana e já quero que ela acabe.
Início da semana e já tenho compromissos até o final dela.
Início da semana e passei aqui só pra pra dizer que já tô indo.

Inté a volta.

sábado, 26 de setembro de 2009

Para os alunos

Desculpem a ausência em nosso evento ontem, mas soube que foi um sucesso e parabenizo a todos pelo empenho.
Nos dias 07 e 08 de outubro teremos um ciclo de palestras em nossa faculdade proposto por mim e pela Profª Vanda Freire e conto com a participação de todos para discutirmos temas inerentes ao Terceiro Setor e também ao nosso Patrimônio.
Para o último período, sábado que vem, temos o compromisso de uma aula das 8:30h às 10:30h novamente. Dessa vez, para todos os alunos, sem exceção!!!
Enade, dia 08/11/2009!
Maiores informações aqui
Inté

Toque de Caixa

A caixeira mais idosa de Alcântara. Não é uma coisinha gente?


Muitas coisas da cultura popular me deixam emocionadas. Acho que é o popular que realmente me emociona. Por isso não resisto a um dedo de prosa com o taxista, com o vendedor de bombom e por aí vai...
O cantador do boi, o pregoeiro gritando seus bordões para vender seus produtos, a culinarista com sua alquimia preparando nossos pratos, o catador de caranguejo com seus braços e suas luvas de lama, o pescador com sua ciência de entender o mar e as caixeiras do divino com seu som e canto arrebatadores são elementos da nossa cultura popular que acho muito valiosos. Sem eles, nada seríamos. Não teríamos essa identidade colorida e musical.
Ontem fui convidada para o lançamento do livro-CD "Caixeiras do Divino de Alcântara" e fiquei muito feliz com tudo que estão fazendo para salvaguardar suas memórias. Estavam todas lindas arrumadinhas de vermelho e cheia de colares.
Em suas apresentações fiquei a imaginar como seria lindo Alcântara ser conhecida no mundo todo por seu patrimônio imaterial e não como um destino pra ir de manhã e voltar á tarde. O mais valioso não é aproveitado. É uma pena!
O toque de caixas é algo muito difícil. É preciso muito ritmo para bater os tambores conforme a música.
Ano que vem serão oferecidas oficinas de toques de caixa para as novas gerações e gostaria de um dia ter tempo para essas paixões...
Que o Espírito Santo traga a divina luz a todos.

Topa tudo


Nosso Centro Histórico está caducando.
Caducando porque sinto às vezes que não dá mais para fazer muita coisa e que tudo vai se acabar.
Esse casarão da foto está localizado na Rua do Egito e faz parte de um conjunto de casarões magnífico que retrata o modo de vida de famílias que aqui vivam no meio do século XX.
São bangalôs lindos com um estilo muito diferente dos casarões que estamos acostumados a ver.
Este da foto, ao contrário, foi se deteriorando e está assim, em meio a qualquer negociação.
Não sei se fiquei com pena do casarão ou do dono...

sexta-feira, 25 de setembro de 2009

Boa notícia


Um acordo de cooperação técnica assinado na manhã desta sexta-feira (25) pelo ministro de Estado do Turismo, Luiz Barretto, e pela presidente do Fornatur, Nilde Brun, planeja o ordenamento do turismo brasileiro para a Copa do Mundo de 2014. O termo descentraliza, aos órgãos de turismo dos estados e do Distrito Federal, as atribuições de cadastramento, controle e fiscalização dos prestadores de serviços turísticos do país. A medida visa ao cumprimento das premissas estabelecidas pela Lei Geral do Turismo quanto ao registro de empreendimentos do setor no Cadastur.
Durante a 53ª reunião do Fórum Nacional dos Dirigentes e Secretários Estaduais de Turismo (Fornatur), em Brasília (DF), o ministro definiu a iniciativa como “uma evidência das nossas preocupações com as credenciais turísticas que qualificam o país a receber e servir bem”.
A ação, que já acontecia em todo o território nacional, aprimora a capilaridade do cadastramento e da fiscalização previstos na lei no 11771/08. Apesar da obrigatoriedade do cadastro após a sanção da Lei do Turismo, as multas e penalidades para os não cadastrados só serão aplicadas após a regulamentação da Lei do setor, prevista para novembro.
De acordo com Rosiane Rockenbach, coordenadora geral de serviços turísticos do MTur, “quanto maior for o conhecimento do perfil e do numero de cadastrados, mais evoluirá o padrão de qualidade dos empreendimentos turísticos, o que representa, ainda, uma medida de proteção ao turista e consumidor”.
CONTROLE DE QUALIDADE
Para Silvio Costa Filho, secretário de turismo do Estado de Pernambuco, o acordo contribui para elevar o nível de credibilidade do turismo nacional, já que os empreendimentos do setor ajudam a construir a imagem do Brasil. “A partir da identificação de papéis complementares e do estabelecimento de parcerias entre as esferas de governo, os municípios se preparam para o turismo e o Brasil ganha com a profissionalização do setor”.
O cadastro de prestadores de serviços turísticos é gratuito e pode ser realizado pelo site http://www.cadastur.turismo.gov.br/.



Fonte: Assessoria de Comunicação do MTurimprensa@turismo.gov.br (61) 2023 7055 (61) 2023 7055 Siga o turismo no Twitter: www.twitter.com/MTurismo

Greve for all

Tô achando um barato essa moda de fazer greve ao som de um forrozinho pé-de-serra, já repararam?
O judiciário tava em greve e passávamos o dia todo aos som de um pé-de-serra aqui pertinho! Assim a greve tem ares de festa e de ócio produtivo...
Hoje saindo do almoço, vejo essa cena massa. Claro que gravei.
video
Esse senhor do poste parado deve ser surdo, não? Como alguém consegue ouvir esse som e nem se mexer?
Ah, greve dos bancos...

Staff de pop star

Gente do céu, soube que a tal da Stefany do Youtube e do Cross Fox vem aqui amanhã fazer um show.
Soube também que ela tem uma equipe de 20 pessoas. Vocês leram isso? VINTE pessoas.
Aff!!!!!
Saio dessa notícia e me deparo com um ônibus de uma banda de arrocha.
Arrocha! Isso é nome de ritmo musical?
Como se não bastasse a invasão de forró e de brega...
O mundo tá perdido mesmo!!!!

Passeio Serenata

video
Ontem teve de tudo nessa cidade. Eu tinha quatro compromissos no mesmo horário. Uma loucura e claro, a lei da física não permitiu né?
Tive convite do Club Gourmet para uma degustação de vinhos no Empório Forte do Pescado. Não deu! Karen, obrigada querida. Bota meu nome na próxima!!!
Tive convite do pessoal do SANDS para uma peça no teatro. Também não deu, mas agradeço muito Cristiane Holanda e Marcelo Martinelli e equipe.
Sobre as ações da SETUR/MA, o agradecimento e homenagem está no vídeo acima. Sucesso total!
E por último acabei indo prestigiar minha amiga Josilene que tava fazendo um eventão na Faculdade São Luis. Sabe como é, amiga é amiga... Parabéns pelo empenho!
Hoje tem mais....

Eventos

Esta semana foi muito badalada. Graças a Deus muitos eventos e as coisas tedendo a melhorar.
Estou muito otimista!
Aqui alguns momentos de ontem, embora não tenha fotografado tudo nem todos que eu pude encontrar. Foram muitos amigos, conhecidos e alunos. Muito bacana!
Eu e Nan Souza (São Luís Convention), Luciana Ennes (Oficina de Eventos) e Prof. Josilene Campos (Faculdade São Luís)
Aqui algumas ex- alunas (que saudade)! Detalhe: Prof. Luiz Antonio atras com um tantinho de sono...
Aqui duas apaixonites: Dadá e Prof. e amiga Graça Cardoso. Amadas!!!

quinta-feira, 24 de setembro de 2009

In short

Semana de muitos eventos! Mal sentei na minha cadeira e liguei o computador. Amanha a tarde posto alguma coisinha pra gente! De manha tenho uma reuniao externa! Inte galera! Ah, vcr viram o out door da bebelu? Amanha falo disso. To no celular. Ah2: hj foi um bom dia!

quarta-feira, 23 de setembro de 2009

Dia Mundial do turismo_2

Evento na faculdade. Eu vou!!!!

A cidade que se dá aos visitantes

Hoje é um dia muito especial para mim. Tudo que sinto e vivo hoje começou em Paraty há dois anos em meio à FLIP
Em homenagem a esse dia, trago uma das minhas matérias em parceria com Italo Genovesi sobre essa cidade bucólica que traz consigo o dom de apaixonar, envolver e unir as pessoas.


Localizada na divisa dos Estados de São Paulo e Rio de Janeiro e distante cerca de 236 km da capital fluminense, a bucólica cidade de Paraty é praticamente um presente aos visitantes que chegam de regiões diversas em busca de, ao mesmo tempo, tranqüilidade e aventura.
Tombada pelo IPHAN - Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico, em 1958, a cidade, que de acordo com o último censo do IBGE possui uma população de aproximadamente 35 mil habitantes, é considerada o segundo ponto turístico do Estado do Rio de Janeiro e uma das mais procuradas por turistas de todas as regiões do país e do mundo.
Atualmente as autoridades paratienses preparam a candidatura da cidade junto à UNESCO – Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura, para que seja agraciada com o título de Patrimônio da Humanidade.

Ascensão e quedaAs ruas de pedra e os casarões coloniais revelam o período áureo da cidade que teve seu apogeu no início do século XVIII e sua decadência na segunda metade no século XIX.
O início da povoação da cidade aconteceu em meados do século XVII, com a construção de uma capela dedicada a São Roque localizada no Morro do Forte. A população começou a se estabelecer nos arredores da capela. Após a concretização desse fato, uma série de rebeliões começam a ser promovidas pelos moradores que pedem a independência da cidade, de Angra dos Reis. Em 1667 é criada a Vila de Nossa Senhora do Remédio de Paraty.
No início do século seguinte foi decretado pelo governador da então capitania do Rio de Janeiro, que toda e qualquer mercadoria, inclusive ouro, que chegasse à colônia deveria ingressar pelo Rio de Janeiro e depois seguir à Paraty. A partir daí iam para Minas Gerais por uma antiga trilha indígena que ficou conhecida como “Caminho do Ouro”.
Em 1710, os portugueses proíbem o transporte de ouro pela estrada de Paraty, o que provoca um descontentamento dos paratienses que, apesar de se rebelarem, não conseguem impedir a construção de uma estrada que liga o Rio de Janeiro a Minas Gerais.
Por não poderem mais contar com a riqueza proveniente do transporte de ouro a vila sofre a diminuição do movimento de pessoas e mercadorias que paulatinamente vai empurrando Paraty à decadência.
As rotas do ouro transformam-se em caminhos para o tráfego de escravos e escoamento da produção de café do Vale do Paraíba, mas com a chegada da via férrea à Barra do Piraí, cidade próxima a Paraty, a produção passa a ser escoada por ali, o que decreta definitivamente a decadência da cidade, por volta de 1864.

RecuperaçãoCom a abertura da estrada Paraty-Cunha em 1950 e após a reconstrução da estrada que ligava Paraty ao Estado de São Paulo, em 1954, a cidade passa a dar sinais de recuperação por meio do interesse turístico.
O movimento de visitantes ganha força, porém, em 1973, com a abertura da BR 101, conhecida como Rodovia Rio-Santos, que passa por várias cidades litorâneas dos Estados do Rio de Janeiro e São Paulo.
No ano passado a cidade ultrapassou Búzios e agora é a segunda cidade mais visitada do Estado do Rio de Janeiro, recebendo cerca de 400 mil turistas/ano de todas as partes do mundo.

Calendário de eventos variado
Com a economia basicamente voltada para o turismo, Paraty possui um rico calendário anual de festas e eventos que atrai visitantes durante o ano todo. Entre os principais acontecimentos podemos citar a Folia de Reis, o aniversário da cidade, em 28 de fevereiro, a Semana Santa, a Festa Divino Espírito Santo, Festa de Santa Rita, Festa da Pinga e a Festa de Nossa Senhora dos Remédios.
Mas sem dúvida o evento mais procurado, tanto pelos turistas quanto pela imprensa de vários países, e que colocou a cidade na rota internacional da cultura é a FLIP - Festa Literária Internacional de Paraty, que acontece normalmente no mês de julho e reúne na cidade os grandes nomes da literatura nacional e mundial.
Criada em 2003 a FLIP já contou com nomes como dos brasileiros Luiz Fernando Veríssimo, Ruy Castro, Ariano Suassuna, Fernando Morais e Ferreira Gullar e os internacionais Paul Auster, Salman, Rushdie, Amós Oz, Tom Stoppard, entre outros.
Além da FLIP que se realiza com palestras, oficinas e debates, paralelamente acontece a Flipinha, especialmente criada para atender o público infantil e ainda a OFF FLIP, que é um circuito paralelo de idéias, em que os novos autores publicam obras, fazem discussão literária e criam novas perspectivas. Um verdadeiro palco de várias manifestações é no que se transforma a cidade nesse período.
Turisticamente, Paraty é uma cidade que atende bem seus visitantes. A oferta hoteleira e de restaurantes é satisfatória durante o ano, ficando pequena somente em períodos de evento, em especial no período da FLIP. Possui desde opções mais caras até outras bem em conta, mas que não deixam o charme paratiense de lado. Há muitos restaurantes temáticos com cozinha internacional elevando a categoria da cidade de charmosa a sofisticada.

Várias opções de passeios
Estar em Paraty é voltar aos tempos do Brasil Colônia e ver de perto casinhas brancas de portas e janelas coloridas. As ruas são de pé-de-moleque e tem um desnível considerável, logo, saltos altos não são nem de longe recomendados. A atmosfera remete a casais apaixonados e os passeios são os mais variados possíveis.
Fazer um passeio de escuna pela Baía de Paraty é imperdível. O azul do mar é de impressionar. Dá pra fazer city tour de charrete, passeios aos alambiques e trekking pelo Caminho do Ouro (estrada construída pelos escravos entre os séculos XVII e XIX, a partir de trilhas dos índios guaianazes). O Caminho do Ouro está bastante preservado e se encontra envolto pela exuberância da Mata Atlântica do Parque Nacional da Serra da Bocaina.
Aproveitar as belas praias da região também é recomendado. Trindade, vila de pescadores muito próxima, por exemplo, também tem um mar azul, faixa de areia e montanhas. Simplesmente lindo! E ainda há cachoeiras, igrejas, quilombos, parques e reservas.
Outras boas opções em Trindade são as praias do Meio, de Fora, Figueiras, do Rancho, Cepilho, Brava, além do conhecido Cachadaço, que é uma piscina natural formada por grandes pedras onde é possível mergulhar tranqüilamente e apreciar as belezas marinhas. O acesso ao local pode ser feito pelo mar ou por uma trilha existente que propicia belas visões do litoral.
É um destino com muitas opções e bem próximo às duas maiores metrópoles do País. Dá pra esticar até lá em sua próxima viagem a um desses dois centros e voltar com a sensação de felicidade plena.

terça-feira, 22 de setembro de 2009

É Primavera!

Daqui a pouquinho começa a primavera.
Por essas bandas não dá pra sentir muita diferença. O calor continua reinando absoluto como um déspota sem piedade, mas o fato de saber que é primavera e que as flores estarão desabrochando em suas melhores essências e cores, dá um novo ânimo na vida.
A primavera deveria exisitir em todo o planeta com a mesma intensidade para abrandar as almas e os corações.
As flores tem um poder enigmático sobre nós e poderiam ser utilizadas para deixar o mundo mais romântico e cheinho de amor...
Repararam que é uma estação feminina? Que tem muito cor de rosa, vermelho e laranja? Tem coisa mais mulherzinha que isso?
Que venha então a estação mais linda de todas e que ela traga para nossos corações quietude, energia positiva e muito amor!
Aproveito e sugiro que você dê de presente flores para sua namorada ou namorado, para sua mulher ou marido, ou para sua mãe e pai ou para seus avós ou ainda para seu vizinho e amigos.
O mundo ficará muito mais legal!
Experimente!

Dia Mundial do turismo


Post não patrocinado!!!

segunda-feira, 21 de setembro de 2009

Potencialidades do mercado turístico do Maranhão: Cultura, Ecoturismo e Hospitalidade


A Faculdade São Luís está promovendo nos dias 24 e 25 a III Jornada de Turismo como programação de comemoração ao Dia Mundial do Turismo.

A Coordenadora do Curso de Turismo da Faculdade, Professora Josilene Campos, afirmou que a escolha do título da Jornada "foi para comemorarmos as inúmeras potencialidades do nosso Estado e definirmos novos nichos de mercado".

Adorei as palestras e acho que vai ser muito bacana.

Eu vou!



III Jornada de Turismo da Faculdade São Luís
Tema: Potencialidades do Mercado Turístico do Maranhão: Ecoturismo, cultura e hospitalidade.
DIA 24/ 09/ 2009 - QUINTA-FEIRA



19:00
Abertura da Jornada
Palestra I: Sítios Históricos como Roteiro Alternativo Cultural de São Luís.
Augusto Mendes- Turismólogo e Guia de Turismo, professor.

Palestra II: Via Mundo – Intercâmbio e Turismo
Ivo Santos – Coordenador Regional do PIC Brasil

Dia 25/ 09/ 2008 – SEXTA-FEIRA
PALESTRAS, OFICINAS E MINI-CURSOS
09:00h
Financiamentos para empreendimentos Turísticos
Palestrante: Marcelo Monteiro - Gerente de Negócios do Banco do Nordeste o Brasil.

08:00 ás 12:00
Certificação de produtos do turismo de aventura
Turismóloga: Sandra Rodrigues - Gerente da Sacada Turismo

10:00h
Turismo Étnico: Aproveitamento Turístico dos Quilombos do Maranhão
.Profª. MSc. Graça Cardoso – Professora e Chefe do Departamento de Turismo e Hotelaria da UFMA.

14:00
Turismo Náutico: Opção de Lazer em São Luís
Palestrante: Ana Tereza Viegas - Mark e Tur.

15:00h
Artesanato Maranhense como diferencial competitivo no mercado.
Hildenê Maia – Consultora de Turismo, Cultura e Artesanato do SEBRAE/MA.

16:00
Sands Hotéis-Holliday Inn São Luís: divisor de águas na hotelaria de São Luís.
Palestrante: Cristiane Holanda – Gerente Geral do Sands.

16:00
Potencial turístico do litoral maranhense: Mergulho como produto Ecoturístico.
Antonio Polessa – mergulhador profissional.

17:00
Palestra: “Você é o gestor da sua carreira, não delegue a ninguém.”
Prof. Júlio Maciel – Administrador e Consultor Empresarial, professor da Faculdade São Luís e UNICEUMA.
Encerramento/ Noite
19:00
Quadra de esportes
Tema:Investimentos no setor turístico do Maranhão.
Palestrante: Dr. Tadeu Palácio, Secretário Estadual de Turismo
§ FEIRA DE ARTESANATO
§ ARENA GASTRONÔMICA
§ APRESENTAÇÃO CULTURAL

As inscrições estão abertas à partir de amanhã a tarde na Faculdade e o ingresso é 1 kg de alimento não perecível. Dá pra fazer quantos minicursos quiser, mas para a palestra e os mini-cursos, são 2 kg!!!

Os alimentos arrecadados serão entregues na Casa Sonho de Criança, que cuida de crianaças soropositivas.

OPORTUNIDADE DE TRABALHO

Como esse espaço é democrático e generoso, aviso a todos os turismólogos de plantão, assim como a todos os alunos, que o Hotel Luzeiros São Luís está precisando de bons profissionais.
Corram que ainda dá tempo de arranjar um trampo legal.
Boa sorte a todos!

domingo, 20 de setembro de 2009

O trabalho

Desde a minha meninice ouço falar que o trabalho dignifica o homem. Que trabalhar deixa o homem mais feliz e realizado.
Fui acreditando nisso e desde os 18 anos penso fixamente em trabalho.
Já cheguei a trabalhar os três turnos, sete dias por semana por uns três anos. Já tive fadigas crônicas. Já fiquei com falta de ar de tanto estresse. Já desmaiei de não comer. Já dormi em ônibus e passei do ponto de tão cansada. Já chorei de chateação com meus chefes. Já estive bem revoltada com a minha equipe de trabalho. Já desejei um posto mais alto do que eu podia ter. Já tive salários altos e salários baixos. Já trabalhei com pessoas mais criativas que eu. Também já trabalhei com chefes menos criativos e inábeis. Já paguei por seis meses um super prejuízo na empresa por culpa da minha falta de atenção (devia estar com sono, claro!) e poucas vezes me senti reconhecida ou lembro de algum muito obrigada de fato.
Hoje em pleno domingo estou de novo pensando no rumo dessa minha vida.
Como pode alguém passar todos (todos) os finais de semana trabalhando e cheia de afazeres?
Chego na sexta feira em casa e programo meu final de semana em turnos como se estivesse fazendo escala para grupos de trabalho de uma fábrica.
Até o supermercado de hoje programei entre 12h e 14h para não atrapalhar o "expediente"!
O trabalho serve para que você evolua, tenha rendimentos, fique feliz, conheça e se relacione com outras pessoas.
De nada adianta se o trabalho te consome e te deixa pra baixo, deprimida, esgotada.
Ser professora é um ofício muito difícil. Você tem que estar bem, feliz, descansada e com o assunto na ponta da língua. Daria pra fazer isso bem se nos pagassem dignamente. Aí nós só faríamos isso e viveríamos pra estudar, que a propósito, é uma delícia!
Mas não é bem assim.
Poucos professores amigos meus (incluindo a mim) tem nesse ofício o foco de suas vidas. Não dá! Definitivamente há de se complementar a renda.
E vamos arranjando outros trabalhos, outras metas, outros compromissos e nessa roda viva não se sabe mais o que complementa o quê. Só se sabe que se trabalha. E muito.
Tô procurando a tal dignidade que acreditei há tempos e acabo não achando a pobrezinha pelo meu quarto de estudos.
Dignidade por acaso seria receber o dinheiro no final do mês?
Ou talvez trabalhar e ter tempo para descansar, sair com amigos, ficar com a família e usufruir de sua companhia quando bem entender?
Bom domingo e boa semana a todos!

sexta-feira, 18 de setembro de 2009

Pedacinho do céu

Início de noite ao som de um chorinho com um cenário bucólico.
Projeto Chão de Estrelas no Cantinho da Estrela.
Toda sextas as 19h.

video

Chico Nô, Wendel, Domingos Violao Sete Cordas e Vandico.

Favoritos

Queria trabalhar com, na e para a internet.
Sabe aquelas coisas de coordenar conteúdo on line? Pois é. Adoro ficar navegando e navegando.
Sempre tenho coisas boas pra ver.
Hoje fui dar uma volta nos meus favoritos (que estavam abandonaaaados) e visitei as redatoras de merda!
Adoro tudo que elas escrevem...

quinta-feira, 17 de setembro de 2009

Carta para a Minhoca


Querida Minhoca,

Amanhã é seu aniversário e gostaria muito de te dar um apertão daqueles que você não gosta muito. Queria também ficar mexendo no seu cabelo todo tempo, coisa que pra variar, você também não curte, mas acaba deixando.

Depois de tudo isso eu iria dar uma beijoca na sua bochechinha rosada, porque afinal, quem resiste?

Quem sabe assistir juntinhas ao novo clipe da Pity? Ou mesmo ficar desenhando no quadro e disputando quem tem a letra mais bonita?

Bom, assim como ano passado, estamos distantes fisicamente, mas bem pertinho no coração porque desconfio que você sente falta desses meus carinhos exagerados...

Seu presente, que é comunitário, tá difícil de sair, mas não vamos deixar você na mão, prometo!

Ah, muito obrigada pelo desenho com o macarrãozinho* e também pela dedicatória. Mereço mesmo parabéns. Por ter achado seu tio e por ter conhecido você!

Um super beijo na bochecha e um abraço daqueles beeeemmmm apertados!
Desejo a você muita saúde e que Deus te abençoe.
Feliz Aniversário Minhoca!
* nota de utilidade pública
A Minhoca me deu um desenho lindo com uns macarrõezinhos e que tem atrás uma dedicatória incrível, que diz assim:
"Para a minha tia mais legal do mundo. Parabéns por achar meu tio. Se não nunca tinha te conhecido. Bjs, Minhoca".
Não é fofa?

Quebra queixo!


Seu Raimundo logo se aprumou e me autorizou a tirar sua foto enfatizando:

- Comigo não tem frescura não. Eu tiro é mesmo!

E assim eu tirei essa maravilha de foto agora no final da tarde. Seu Raimundo me vendeu um pedaço de quebra queixo e ainda me fez apaixonar por ele. Deixei um troquinho lá para me obrigar a voltar e trocar mais umas ideias com o figura.

Quebra queixo é um doce típico aqui desta Ilha. Desde a meninice aprecio essa iguaria. É uma mistura de melado, côco queimado e bastante açúcar. É uma delícia para passar o tempo, porque como o nome diz, quebra o queixo de tanto que a gente fica mastigando e nunca acaba.

Eu mesma só consegui acabar com o último teco há poucos minutos, porque além de não acabar ele ainda gruda nos dentes. E para quem usa aparelho, eu diria que é uma sandice comer.
Mas como sou essa pessoinha fora dos eixos que vocês conhecem, vou comendo tudo e depois de me lascar, saio contando e fazendo a alegria dos ociosos de plantão...
Existem poucos vendedores hoje em dia e lamento muito a falta de uma banquinha dessas em todos os cantos.
Esse docinho faz parte da nossa cultura e os vendedores sempre tinham boas histórias pra contar.

Diz se a banquinha não é um charme?

Um pedacinho custa R$ 1,00

Seu Raimundo do Quebra queixo fica no Beco Catarina Mina todo dia. Faça chuva ou faça sol.

Outdoor training

No sábado passado fomos (eu & Josi) fazer uma aula-passeio-contemplação-descoberta com nossos alunos.
Lembro quando fiz isso a primeira vez, no início da graduação e o quanto eu saí apaixonada pela nossa história e trajetória.
Os alunos tambem ficaram assim. Bobos com tanta informação. Muito bacana.
Começamos às 15h e terminamos lá pelas 18 e pouco. Todos exaustos.
É claro que nosso Guia foi o "tudo de bom" Professor Augusto. Arrasou como sempre e deixou todos os alunos maravilhados.

Augusto transmitindo informações valiosas, embora uma aluninha esteja com sono e outra pensando na canseira!

Eu e meus aluninhos lindos!

Aluninhos lendo a cronologia de fundação da cidade...


A gente acaba encontrando essas personalidades pelo Centro Histórico...

Com vocês, Professor e Artista Plástico Luiz Antonio Pinheiro entre mim e Josi!!!


Nem parece uma aula e sim uma passeata né?

Entrada da Casa das Tulhas

Todos curiosos em frente ao busto de Benedito Leite

Caminhando e cantando...


quarta-feira, 16 de setembro de 2009

Exposições

  • De 18 a 26 de setembro na Praça do Sol no Tropical Shopping acontece a exposição Vídeo Fotográfica “Pororoca, essa é a onda”, por Denis Sarmanho. A exposição faz parte do Projeto Surf na Pororoca que promove também de 18 a 22 em Arari/Ma o Desafio Encontro das Águas com a participação dos atores globais Gustavo Leão e Omar Docena.
  • No mês de setembro acontece também a exposição Barcos do Brasil na sede do IPHAN com o apoio do Ministério da Cultura.

Vamos prestigiar meu povo!!!!!

Pessoa pequenês.

A cada vez que tenho conhecimento da pequenês das pessoas, da ganância e dos degraus que elas pulam, tenho vontade de sair correndo e sumir.
Quando estou muito longe delas, sinto um alívio fora do comum. Pena não poder ficar longe pra sempre.
As pessoas são péssimas. Até que me provem o contrário, é assim que as vejo e a cada dia vejo mais pessoas assim.
Cargos são passageiros, são temporais, mas mesmo sabendo disso algumas pessoas pisam nas outras, usam criatividade para humilhar e falar por trás.
Ninguém averigua os fatos nem leva em consideração outros fatores. Ninguém ouve a versão do acusado. Apontam a culpa e pronto. Veredito final.
Coisa feia. Avareza da braba.
A sorte é que Deus tudo vê e tudo sente.
Grande sorte é poder encontrar pessoas que provam que são boas e permanecem em nossas vidas.
Ufa! Desabafei.

terça-feira, 15 de setembro de 2009

Dark & Soft



Sou uma chocólatra inveterada!

Não consigo passar dois dias sem ter uma vontade incontrolável de comer chocolate. Para meu azar, na maioria das vezes, como. Não resisto! Caio em tentação! Um horror!

O certo é que tenho lido um pouco sobre as novas descobertas dos chocolates, dos famosos "flavonóides", polifenóis que devido as suas propriedades antioxidantes, combatem os efeitos nocivos dos radicais livres, prevenindo assim doenças cardiovasculares e até mesmo o câncer (esses polifenóis também estão presentes em outros alimentos como a uva, o mirtilo e o chá) e tenho ficado um pouco mais feliz, afinal, ainda dá pra comer um tequinho sem tanta culpa, mas atenção! Aquele nosso velho "chocolate ao leite" não é chocolaaaaate mesmo, no máximo uma gordura hidrogena aromatizada sabor chocolate. Chocolate que se preze vem do cacau e tem sabor forte.

Ganhamos esse tabletinho na Cantina Don Pepe Di Napoli (dia 07/09) como cortesia no ato do pagamento da conta e só fui comer ontem!

Recomendo gente. Uma delícia mesmo. É meio amargo e doce, meio fofo e tenro. Não dá pra explicar, mas uma coisa é fato: já acabou!!!

Vi no mercado essa semana uma versão DARK (alto percentual de cacau) dos chocolates Hershey's e deve ser um sonho, como todo chocolate dessa marca. Não comprei porque lembrei da barrinha que tinha em casa, mas vou comprar pra experimentar e conto pra todo mundo, tá?

O que eu não faço por vocês, heim???

Ah, detalhe: todos os clientes da cantina saíram com tabletinhos na mão. Um pra cada. Bacana essa ação promocional da Lacta, não???

De caipirinha não!

É assim mesmo tudo desconexo!
Fomos tomar sorvete domingo a noite e deu essa palhaçada aí. Mamá com sorvete de nata goiaba (no casquinho), eu de jussara e tapioca no casquinho (delícia!!!), Lu também de jussara e tapioca no copinho e Dudu (o maiorzão), com uma mistureba danada.
Detalhe importante: Dudu botou um punhadinho para expermentarmos de sorvete de caipirinha. Por tudo que é mais sagrado nessa vida, nunca experimentem. É horrível!
Fomos na Gelitto da Cohama!

Magoei

Acordei e vi a Ana Maria Braga em pleno sol do Ceará apresentando o programa Mais Você.
Na sequência apareceu o Zeca Camargo falando das belezas de lá e o quanto esá sendo interessnate gravar o No Limite lá.
Fui ficando pequenininha, pequenininha e menorzinha...
Puxa vida, as pessoas daqui não aprendem a fazer promoção turística, não é mesmo???
Magoei!!!

segunda-feira, 14 de setembro de 2009

Pesquisas Turísticas: o início para a solução dos problemas

Vejo muita gente mencionar erroneamente pesquisas de satisfação, de demanda e pesquisas que traçam o perfil de visitantes como um fato finalístico e não como o primeiro passo para a solução dos problemas.

O turismo é uma atividade que vende experiências e assim precisa se reinventar a cada nova estação e manter um nível ótimo de serviços atendendo a comunidade e os turistas.
Não basta ter oferta de atrativos naturais e/ou culturais sem que isso seja sistematizado e percorra uma cadeia enorme de compra e venda. Um destino não sai de uma operadora com destino às prateleiras sem ter sido percorrido por pelo menos uma centena de turistas que tenham aprovado as condições do lugar ou do fenômeno em questão. À partir dessa aprovação que pode e deve ser extraída por pesquisas, vê-se os resultados e aponta-se as soluções. O caminho é mais ou menos por aí, incluindo as intempéries do percurso, é claro!
Mas o que se percebe na maioria das vezes são as pesquisas sendo realizadas em meio às gestões, quando os planos, programas e projetos já estão em plena execução, sendo que o mais apropriado seria que os resultados das pesquisas embasassem os caminhos pelos quais temos a percorrer.
O Brasil é um país que carece de estatísticas, embora tenhamos melhorado acentuadamente nos últimos anos. Já percebemos dados em relação a diversos segmentos e também em várias frentes, o que nos permite discutir assuntos tomando por base os números. O que nos falta realmente é atacar os causadores das insatisfações e solucionar as devidas “questões”.
A Secretaria de Turismo do Estado em parceria com a Universidade Federal do Maranhão – UFMA (um importante aliado no desenvolvimento da atividade) desenvolveu recentemente a pesquisa de demanda turística da alta estação em vários municípios dos diversos pólos turísticos do Maranhão (São Luís, Imperatriz, Carolina, Barreirinhas, Caxias, Viana, Cururupu e Tutóia) e os indicadores retirados dessa etapa formarão um quadro atual sobre como nossos turistas vêem a realidade por vezes cruel e por outras, idílica do nosso Estado. É sem dúvida um importante passo que se dá para a implementação de uma política pública centrada nos fatos reais, já que alguns municípios inclusos na pesquisa muito pouco ou nada conseguem fomentar em relação ao turismo.
Indicadores servem para tomadas de decisões importantes, para associar valores por ora esquecidos, para determinar a hora certa para uma virada de “rumo”, para apontar as debilidades ou potencialidades ou mesmo para diagnosticar o improvável. É aí que entram a confiança e transparência do cômputo e a qualidade das fontes, que se tornam verdades absolutas algumas vezes.
O São Luís Convention & Visitors Bureau, entidade voltada à captação e ao desenvolvimento do Turismo de Eventos em São Luís, implantou recentemente o Núcleo de Pesquisas e Estatísticas justamente para priorizar os resultados e transformá-los em ações para a melhoria do Turismo de Eventos tanto em São Luís quanto no Maranhão. Os resultados mostram lacunas crônicas de uma atividade que nunca viu seu amadurecimento prosperar e ao mesmo tempo revelam que ainda há tempo para recuperar o tempo perdido.
O ato de pesquisar é um ato nobre, valente até! Precisa-se de uma certa preparação para tal ofício, não é tão simples como parece e os custos são geralmente altos para se obter informações tão privilegiadas.
O que nos cabe avaliar é a relação dos números com a realidade que temos e a que queremos, pois os números apenas nos mostram onde estão os acertos e os erros. O depois é o que interessa!
Jornal Cazumbá, agosto 2009

domingo, 13 de setembro de 2009

Domingo

Domingão cheio de coisas.
Tô iniciando os trabalhos...
Bom domingão procê que teve a coragem de navegar em pleno domingo e acabou parando aqui!
Inté!

sexta-feira, 11 de setembro de 2009

Decibés

Pode não parecer, mas esse barulho é mesmo no Mercado de São Paulo em véspera de feriado.
video

quinta-feira, 10 de setembro de 2009

Rúcula




Uma folhinha de rúcula faz toda a diferença numa vida, sabiam?????


Cheguei cedo e pra fazer a fotossíntese diária, comi umas folhinhas de rúcula com cenoura ralada, ricota, pimentão, tomate verde, grão de bico e frango desfiado.



Faz bem e não engorda.

Amarga e é gostosa.

É tenra e saborosa.




Depois desses versinhos, vou deitar um pouco. Embora relaxada do feriado, ando muito cansada.


Depois desse dia de aniversário, que somente França me parabenizou, estou bem feliz. Ele é realmente um amor.

França querido, obrigada pelo carinho de sempre!!!


Boa noite a todos e muito obrigada por tudo!

Serei uma alma boa?


No sábado dia 05/09 fomos ao Teatro assistir "A alma boa de Setsuan" com Denise Fraga.
Bem bacana mesmo. O Ary França também está na peça e dá um charminho todo especial ao ambiente.
Os próprios atores ficam na entrada distribuindo os portfólios da peça e interagem com a platéia o tempo todo.
Refleti que também preciso aprender a dizer não para poder ser feliz...
Gostei bem!
Na saída, uma passadinha no Bexiga para uma Pizza & Vinho, que tal?
Bom, digamos que não foi uma pizza, foi simplesmente uma divina pizza! Meio atum meio palmito, ótima companhia e um tempero inesquecível...

Happy Hour no Cantinho da Estrela

Nesta sexta-feira, 11 de setembro o melhor do Samba, Choro, Bossa e Jazz com um tempero bem maranhense.
O grupo formado por:
Chico Nô; Juca do Cavaco; Domingos – Violão; Vandico – Percussão.

O Cantinho da Estrela é a mais nova opção de lazer do Centro Histórico com música e gastronomia de primeira qualidade.O restaurante fica na Rua do Giz, 175 - Praia Grande - "Frente à padaria do Francês, Pça. Valdelino Cécio"Cerveja bem gelada e deliciosospetiscos e pratos a la carte do Chef Zé Maria.
Couvert:R$ 5,00

Dois anos de ócio, viagens e gastronomia!!!!



Que delícia gente!!!! O Bloguito faz dois aninhos hoje. Há dois anos que faço, refaço, pinto e bordo por aqui.
Fui rapidamente ver o que escrevi há um ano e também o que estava fazendo há dois... Mal lembrava de metade. Tanta coisa já passei e tanto já dividi.
Obrigada por sua preciosa visita. Sem ela esse meu diário da vida moderna não seria nada.
Prometo fazer os brindes que prometi e também que a lojinha vem em breve.
Hoje não deu pra postar as fotos da viagem porque a internet resolveu que não tá pra brincadeira e claro, não dá pra fazer mais nada além de agradecer assim, rapidamente ao seu carinho, apoio e dicas.
A cada comentário e a cada e-mail, meu dia fica mais colorido e cheio de vida.
Do fundo d'alma, muito obrigada!

quarta-feira, 9 de setembro de 2009

Sampa em imagens

Ah viajar...
Haverá nesse mundão delícia mais fascinante????
O mundo, as pessoas, o cheiro, o céu, o barulho e o "timing". É tudo diferente!
Fui a São Paulo refrescar as ideias, matar saudades e voltar com mais caraminholas na cabeça. Sempre volto assim de lá, não sei explicar. Acho que o excesso de informação me faz ficar mais imperativa de pensamento. Muito mais... Ai meu pai, aonde vou parar????
Como já passou muito tempo e acabei não tendo tempo de postar de lá, vou resumir em algumas imagens.

Vai dar pra ter uma noção do que foi...
Namoradão me levou numa cantina tudo de bom!!! Almoço massa, cantina massa!
O trocadilho também foi massa, não?
A sogrona and me!

Eu e a Minhoca com cara de "essa Tia Bia toda hora me aperta, aff!!"

Se voce já viu foto mais "engraçada-surreal" que essa, por favor me conta!
Família do namoradão em frente ao Museu Paulista num dia de chuvinha. Vou plastificar para algum concurso. Deve ter alguma premiação para essa obra prima!
Sabem aquela tela "Independência ou Morte" que a gente só vê nos livros de história? Pois é, está nesse museu! A tela é impressionantemente grande. Linda!

Baco, por favor me diz que isso é o céu...

A tal camiseta do sucesso. Jesus Cristin, a foto igual às do catálogo da Hèrmes...

Frutas, frutas e mais frutas. Delícia pura!!


O verde faz uma diferença né?


Tem coisa mais bacana que encontrar amigos sem estar esperando???
!Tim Tim!
Só não vale quando eles pagam a conta...

Burburinho no Mercadão em sábado "pré-feriado"

Jantar em casa






Hoje é uma data cabalística: 09/09/2009.

Devem ter ocorridos mil nascimentos programados, dois mil casamentos, noivados e batizados, mas para mim foi um dia normal.

Acordei bem cedo, resolvi coisinhas domésticas, paguei umas contas, trabalhei muito e até almocei!

Saí sem pressa do trabalho e o trânsito fluiu bem. Cheguei e fui ver o que tinha pela geladeira. Como fiz supermercado ontem tinha bastante coisa e saiu essa mistureba boa aí de cima: salada de grãos e três torradinhas pra acompanhar.

Detalhe: os bowls pequenininhos não são lindos?

Para a salada:
arroz integral
arroz selvagem
grão de bico
centeio
cevada
gergilim
cubinhos de ricota
ervilha freca
pedacinhos de presunto
Momento haja paciência: cozinhar grão de bico é para freira, beata ou santa. Aconselho só fazer se tiver panela de pressão!

Molho:

aceto balsâmico
azeitona
azeite de oliva extra virgem

Vortei!!!

Povoooo tô de volta!!!!
Sem tempo pra escrever aqui e postar as fotos da viagem super bacana, mas a noite tentarei por algumas coisas em dia!!!!
Amanhã é aniversario deste bloguito. Ai que delícia!

sexta-feira, 4 de setembro de 2009

Terra da garoa


Enfim tô aqui!

Saí rápido pra ver umas coisinhas e nunca em toda a minha vida fiz tanto sucesso pelas ruas e querem saber o motivo???
Eu estava usando minha camiseta do Conrado!!!
Em todos os lugares as pessoas elogiavam, sorriam, perguntavam o que era e eu ia explicar toda a história de vida do caqui mais amado da minha vida.
É uma camiseta baby look roxa com essa imagem aí de cima. Foi o namoradão que deu na última viagem e sempre que ponho é um sucesso.
O quê? Você não sabe quem é o Conrado?
Tá bom, tá bom, lá vou eu explicar mais uma vez. Ele é um caqui super sangue bom, ético, gente boa, preocupado com as pessoas, com o planeta e com o futuro, mas tem a má sorte de ter amigos péssimos, perversos e que exatamente por isso, só se dão bem na vida, ao contrário dele...
Passa na MTV e ele é amigo do Fudêncio e da Funérea. Por aí dá pra tirar uma base, não?
Como ele é muito bom, só vive se lascando e ao final de cada episódio fala a velha frase que ilustra a imagem.
Parece com alguém que você conhece?
Qualquer semelhança não é mera coincidência!

Tô por aqui e mais tarde volto com novidades. Ah, sabem o assunto que mais ouvi hoje em TODOS os lugares? Eu disse TODOS os lugares... que a novela hoje vai estar boa e que a Ivone isso e aquilo, que o Raul blá blá blá blá. Até Coreano eu ouvi falando da novela, juro, juro!!!

19° por aqui;
Garoa o tempo todo;
Dormi uma hora e quarenta de ontem pra hoje;
Esqueci o creme dental, tenho que ir comprar.
Fui!

quinta-feira, 3 de setembro de 2009

Demorô!!!!


A Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania da Câmara dos Deputados aprovou nesta quarta-feira (2), por unanimidade e em caráter conclusivo, o Projeto de Lei 6906/02, que regulamenta a profissão de turismólogo. De autoria do então senador Moreira Mendes, o projeto foi apresentado em junho de 2002 no Senado Federal, para onde retorna por ter recebido emendas. De acordo com a proposta, o exercício da profissão ficará reservado aos bacharéis em curso superior de Turismo ou Hotelaria e aos profissionais não-diplomados que comprovadamente já a desempenhem há pelo menos cinco anos, contados da data de publicação da lei. O diplomado em cursos equivalentes no exterior também poderá exercer a profissão no Brasil, desde que revalide seu diploma.O projeto lista 18 atividades relacionadas à profissão de turismólogo, entre elas: organizar e dirigir estabelecimentos ligados ao turismo; coordenar a classificação de locais de interesse, visando ao adequado aproveitamento dos recursos naturais e culturais; formular propostas para o desenvolvimento do setor nos municípios, regiões e estados da Federação; criar e implantar roteiros; pesquisar informações sobre a demanda turística; e elaborar projetos de marketing na área.Profissionalismo e competência Ao comemorar a aprovação do projeto, o deputado Moreira Mendes (PPS-RO), que acompanhou e defendeu pessoalmente a tramitação da proposta na Câmara, disse que a atividade turística exige cada vez mais profissionalismo e competência para crescer e disputar com outros mercados tradicionais, por isso a presença especializada do bacharel em turismo e em hotelaria é de fundamental importância. “Damos um passo bastante significativo. Ao aprovarmos esta lei, estamos reconhecendo cerca de 180 mil profissionais, que estão devidamente capacitados e habilitados para fazer crescer o segmento do turismo, e quem ganha com isso é o nosso país”, frisou.Moreira destaca que a contribuição do turismo para a economia nacional é cada vez maior. Em 2007, por exemplo, o setor foi responsável por 2,6% de todas as riquezas geradas no país, alcançando uma receita bruta anual de R$ 39 bilhões, sendo R$ 33 bilhões referentes só ao turismo doméstico. “Hoje o turismo é um dos principais itens da pauta de exportações brasileiras. Ele contribui significativamente para a geração de emprego e renda e para o desenvolvimento dos municípios, e por isso necessita de uma atenção especial”, ressalta o parlamentar.
Fonte: agência Câmara

Porção mágica de felicidade


Cheguei de uma reunião e encontro este recadinho lindo na mina mesa...
Augusto querido veio por aqui, não me encontrou, mas deixou esse recadinho....
Como amo tudo isso!!

quarta-feira, 2 de setembro de 2009

Tempo para o feriado

São Paulo: os paulistas estão na mira da nova frente fria, embora passem quase toda a semana debaixo do sol e do calorão. A chuva chega na sexta-feira e vai persistir por quase todo o fim de semana, período em que a temperatura vai cair bastante. O sol aparece no feriado de 7 de setembro, a temperatura sobe um pouco, mas ainda pode chover a partir da tarde.
Eu: como não tem nenhuma praia (sic) programada para o feriado em São Paulo, o frio será bem vindo, rsrs.
Fonte: climatempo

Vem ai o Festival do milho cozido, da goiaba "de vez" e da maçã verde!

Meu povo querido, nem acredito, mas vou tirar o aparelho mês que vem.
Isso não é simplesmente sensacional???????
Não estou conseguindo ficar em mim. Tô pra saltitar por aí de tanta felicidade!!!
Já sinto alívio antes mesmo de tirar...
Ai meu Deus quando penso que vou passar somente uns 10 minutos em frente ao espelho antes de dormir e não mais uns 25...
Aha uhu tá tudo dominadooooo!!!!
Já vou preparar o festival do milho cozido, da goiaba "de vez" e da maçã verde. Opa! Você sabe o que é goiaba "de vez"????
Caro ocioso, goiaba "de vez" nada mais é do que aquela goiaba num estágio entre o verde e o maduro. Sabe aquela goiaba ficando clarinha por fora, mas durinha??? Que precisa ser mordida com força? Prontinho! É essa mesma que eu gosto e com aparelho... digamos.... não rola, né????
E sobre o milho tenho uma consideração: comer milho cozido como se come em São Paulo com os carocinhos num potinho e de colher não é a mesma coisa que pegar uma espiga e sair mordendo, não é mesmo?
Minha dentista riu muito hoje por causa do festival. Disse que só eu pra inventar essas loucuras...
Aha uhu tá tudo dominado.....
Inté meu povo! Tô com trocentas coisas pra fazer antes de embarcar depois de amanhã!!!

Humberto de Campos


Olhem que bacana!!!! Eu vou!!!!!

Baldão de pipoca


Todo mundo cedo ou tarde já comeu essa pipoca. É conhecida no submundo do crime como pipoca de isopor.

Lembro desde criança dos saquinhos dessa pipoca zanzando pelos corredores na hora do recreio nas mãos de todas as crianças.
Depois do colégio, não lembro de tê-la visto até por esses tempos na faculdade.
Mas hoje, essa pipoquinha é uma verdadeira febre em todas as faculdades. Uma coisa fenomenal, melhor falando.
Todos os alunos comem essa pipoca, ela está por todos os lados, em todas as lojinhas e copiadoras, em todas as lanchonetes e em toda sala de aula(sic!?).
Perguntei para meus amigos professores das outras faculdades e todos falaram do vício que se tornou. Perguntei pra afilhada e na escola dela também, nas lanchonetes em todos os lados, lá está o saquinho amarelo da danadinha (e o engraçado é que é só dessa marca!).Incrível.
Sucesso total de vendas!
Custa R$ 0,25 e engana a fome da galera.
Dia desses senti uma queda de pressão na faculdade e não pude dar aula. Fiquei tonta e com senação de desmaio. Adivinhem o que me receitaram???? Pipoca de isopor!
Comi, descansei um pouco e depois tava boazinha* hehe.
Esse baldão aí de cima, cliquei na copiadora em frente à uma das salas que dou aula. É a quantidade que eles vendem no intervalo.
Detalhe: intervalo de 20 min.
Como tem coisa que pega, incrível...

*não façam isso por favor, melhor procurar um médico, rsrs...

terça-feira, 1 de setembro de 2009

Perguntas e respostas

Gente não é por nada não, mas acertei absolutametne todas as perguntas feitas no CQC.
Adorei!
Vou até dar mais uma estudadinha por alí...

Obrigada pela visita gente! Ela é importante para mim.

Inté