Pular para o conteúdo principal

Para a pessoa mais importante do mundo

Mãe,
Primeiro obrigada pelas suas noite insones. Por ter me amado desde o primeiro momento e ter aguentado tudo que a vida lhe reservou para que eu pudesse estar hoje assim, com saúde e cheia de valores.
Obrigada também por ser a pessoa mais alegre que conheço, isso me faz lembrar da senhora quando estou triste e dá um ânimo... Repito: a senhora é a única que bate bife cantarolando e falando alguma besteirinha para me fazer rir.
O fato de ser a pessoa mais enrolada com papéis no mundo me obrigou a ter um certo cuidado com eles, a guardar tudinho nos seus devidos lugares. Foi sempre uma boa lição. Só me irrito quando quero saber que conta estamos devendo e a senhora não acha sequer as pagas... mas sempre respiro fundo e a senhora acha uns dois dias depois. Sem problemas...
O fato de gostar(ops, amar) de festas, me fez essa pessoinha que adora uma cervejinha, Nelson Gonçalves, Núbia Lafayete, Alcione, Ângela Maria, Benito de Paula, Altemar Dutra, Noel Rosa, Roberto Carlos, Dolores Duran, Maysa, Gonzaguinha, Maria Betânia e muitos outros nesse estilo. Muito obrigada! Por essa a senhora não esperava!
Sobre o cigarro, bem, esse eu não segui. Ainda espero que a senhora tome vergonha na cara e resolva parar.
Sobre eu ter um monte de pais, sempre convivi muito bem com isso. Adoro todos e principalmente meu padrasto querido Zaca! Também obrigada pela lição de convivência, tolerância e paciência com pessoas diferentes. Isso que é lição de vida.
Valeu mesmo pelos meus irmãos. Cada um a seu modo faz minha vida ter continuidade. Um mais manhoso e outra bem virada. O irmão repara em tudo e reclama quando estou feia, a irmã liga toda hora pra saber o significadao de uma palavra. Terei que andar com um dicionário embaixo do braço. Ela tem, mas quer que eu diga! Valeu mãezinha. Foi um grande presente.
Também vale agradecer pelas manias bestas que a senhora nos enfiou! Só deitar depois de tomar água e fazer xixi, tomar leite ninho e fritar ovo com margarina!
Queria aproveitar seu aniversário e dizer que não teho nenhum recalque em relação aos meus aniversários. Bem que eu poderia ter, sabia? Como pode existir alguém que nunca teve um aniversário com balão, bolinhos e língua de sogra?
Mas não, hoje sinto que sou única, já que desde meu primeiro aniversário, convivo com sax, banjo, violão, pandeiro e algumas caixinhas de fósforo e um abridor batendo na garrafa de cerveja como percussão. Meus amigos no meu aniversário? Nada disso! Sempre foram os seus que se transformaram nos meus! Mas mãe, não se preocupe, estou bem e nem precisei de terapia! Acho que essa é a explicação para eu ter crescido antes do tempo.
Hoje é o seu aniversário e estou muito feliz por tudo isso que falei acima e principalmente porque estamos juntas e com saúde. A senhora é a melhor mãe do mundo e isso se traduz na alegria que é passarmos os domingos juntas e sorrindo.
Tudo, absolutamente tudo que eu puder ainda fazer para lhe deixar mais feliz eu farei!
Desejo muito sucesso, saúde e força para aguentar as tranqueiras da vida e vou logo avisando que esteja onde estiver, a senhora vai ser sempre um dos primeiros pensamentos antes de deitar e ao acordar.
Te amo!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Patinhas de caranguejo ao molho vinagrete

O vinagrete do jeito que eu gosto...

Ingredientes
1Kg de patinha de caranguejo (de preferência do Maranhão, hehe) 2 tomates maduros 1 cebola 1 pimentão verde (que pode ser o da sua preferência) 1 maço de cheiro verde (se você preferir) ou apenas cebolinha 2 limões Sal Azeite para temperar
Modo de preparar
Afervente as patinhas em água com umas pitadinhas de sal. Veja bem, aferventar não é ferver. Basta abrir fervura e elas começarem a ficar cor de rosa, é pra tirar do fogo. Reserve e deixe esfriar. Se ficarem muito tempo no fogo elas ficam duras e na verdade elas devem ficar macias. Após lavar os legumes, corte em pedaços uniformes e bem pequenos, assim como o tomate (que é uma fruta). Para mim, quanto menor, melhor. Misture todos os legumes cortadinhos num bowl, tempere com o suco do limão, sal e bastante azeite. Acrescente um pouco de água filtrada para dar um pouco mais de molho ao vinagrete. Arrume as patinhas num refratário deixando-as com o "cabinho" pra cima. Dessa forma fica mais f…

Raposa, MA - passeio náutico que vale a pena!

Em meio às férias, resolvemos passear de barco pela Raposa, município da área metropolitana da Ilha de São Luís.
O município é pequeno. Grosso modo, deve ter por volta de 35 mil habitantes no máximo.
Tem uma cultura pesqueira muito interessante e também é um polo rendeiro de destaque em São Luís.

A cidade em si, não é muito atraente. São ruas estreitas, com casas, em sua maioria, de madeira, que lembram palafitas, no sentindo mais geral do termo.
Percebe-se a falta de saneamento básico na cidade e uma certa desordem urbana. Basta para isso, percorrer suas ruas para entender do que estou falando. Banheiros improvisados próximos aos mangues e muito lixo acumulado nas ruas e entre as casas é um dos retratos mais gritantes ao darmos uma volta perímetro urbano.

A Raposa surgiu como uma colônia de pescadores, com início na década de 40 do século passado, por pescadores vindos do Ceará e rapidamente tornou-se um reduto cearense, com as mulheres rendeiras desenvolvendo seu trabalho e os pesc…

Óleo composto de soja e oliva. Não caia nessa!

Esses óleos compostos que tanto enganam os comensais espalhados por ai foram feitos para cozer, não para derramar em cima do prato pronto! Foram criados como uma alternativa para quem está com o orçamento apertado ou não tem costume de cozinhar com azeite de oliva.  Para um prato refogado, por exemplo, fica muito saboroso. O problema é que pelo fato de ser mais barato, os donos de alguns restaurantes de segunda, terceira, quarta e quinta categoria substituem o tradicional azeite por esse composto e a turma desavisada, derrama com gosto em cima do prato. Uma maldade! Vejo o povo jogando em cima da salada, sendo que em todos os compostos, 95%  é de óleo de soja e apenas 5% é de azeite (não extra-virgem!). Esperteza do restaurante que ganha por um produto de qualidade inferior e lerdeza do consumidor que não lê o que está consumindo. O consumo de azeite no país tem crescido assustadoramente, à proporção que  a gastronomia ganhou status de ciência e o poder aquisitivo da população melhorou.  De…