quinta-feira, 19 de fevereiro de 2009

Tambor de crioula

O tambor de crioula é assim: animado, musical, envolvente...
Esse foi em meio ao Centro Histórico e de dia. Uma comemoração de carnaval. Delícia pura.
O tambor em nada tem a ver com macumba, umbanda, candomblé, tambor de mina. É uma manifestação que tanto pode ser sagrada quanto profana. Patrimônio Imaterial do Maranhão.
Vejam que não tem idade nem cor. Quando as coureiras se tocam umbigo com umbigo, dá-se o nome de punga! É a conexão das mesmas com a fertilidade e com a mãe natureza.
Para tocar os três tambores, precisa-se de muita preparação física, muito treino e envolvimento. O crivador, meião e socador formam a tríade perfeita para esse som de negros que te envolve de primeira....
Lindo, lindo, lindo, salve, salve!!
video

Um comentário:

Anônimo disse...

Essa parte da cidade existe em meu coração. É um excelente lugar pra relaxar.
Saudades de minha Chefinha!!!