Pular para o conteúdo principal

Olimpíadas da vida moderna


Mas que diabos eu vou fazer com 1kg de sal? "Pensei no meio do mercado!"
Normalmente só faço uma refeição em casa: o jantar. E ainda assim, utilizo em média uma pitadinha de sal. Seriam necessárias aproximadamente 5000 refeições (ou mais) pra poder usar aquele sal todo. Sinceramente morar só não é fácil! Essa vida moderna não é fácil!

Tá pensando que é só isso? Nã nã ni nã não!

Tem ainda o litro de óleo; o pão de forma que fica duro; as bandejinhas de filé de frango que só tem de 1kg; os pés de alface enormes; a caixinha de leite (vem cá, pq não pode ter 1/2 litro de leite?); o pacote de açúcar de 1kg e por aí vai...
Tô pensando em abrir um supermercado para solteiros. É sério!
Lá, já teria tudo porcionado, fresquinho, pronto para os solteiros, solitários, viajantes, viúvos, separados, abandonados e desquitados comprarem à vontade todas as frutas, verduras, legumes, folhas e carnes. Assim, compraria-se pouco em cada ida às compras, nada ia estragar e obrigaria o consumidor a voltar mais vezes ao supermercado, podendo até comprar coisas que não estaria precisando... As lojas de departamentos não fazem assim? Tu tens que pagar a fatura lá (só lá), por que aí, como quem não quer nada, tu olhas uma bolsinha e rapidamente passa o cartão de novo. Detalhe: divide tudo em 8 vezes pra voltar lá os 8 meses seguintes e essas 8 vezes se transformam em 16 rapidinho...rs. Resumo da ópera: vendeste tua alma ao capeta e não vais te livrar disso nunca!
Pois é, no supermercado também seria assim. Pelo menos a consciência estaria tranquila. Nada de estragar o litro de leite, que tem validade até três dias depois de aberto. Consumo consciente, esse é o lema!
Um grande amigo vive falando que morre de vergonha qdo vai ao caixa do supermercado nas compras do mês e passa 30 rolos de papel higiênico (mora muita gente na casa dele)! Pois ontem senti vergonha quando o caixa me perguntou se eu morava sozinha, por isso só 1 chuchu, 2 batatas, 2 cenouras, 2 beterrabas....
Antes, nas compras da casa de mame, tudo era pouco. Um pão de forma? Jamais! No mínimo 3 pro final de semana. 1 litro de leite? Não, uns 5 e mais umas 2 latas de leite Ninho e uma de Itambé semi-desnatado. Isso nem me passava pela cabeça antes, mas agora...
Comprei um pacote de fósforo! Quero só saber por quanto tempo ainda vou usar pra fazer a tabela do "Manual de compras para solteiros" que vou publicar futuramente.
O caso do creme dental é intrigante: tenho vontade de trocar antes de acabar o tubo de 90g. É impressionante! Acho que acabo enjoando! (Obs: E para justificar o seu pensamento sobre os pequenininhos, aí vai: os tubinhos de 50g não tem de todas as marcas e são geralmente ruins... só servem mesmo pra ter dentro da bolsa para a higiene do meio-dia...)

Estou morando sozinha desde março e de lá pra cá muita coisa já aconteceu. Ir ao supermercado é um dos desafios mais engraçados dessa fase. Aqui em Parnaíba tenho a desvantagem de ser uma cidade pequena e não dispor de muitas opções, mas mesmo em grandes centros, só agora o mercado parou pra lembrar de nós...snif, snif! Ah, lembrei também que Lu antes comprava 4 pães. Achava engraçado, já que lá em casa se comprava 12, 14, 16... Agora, pra pagar minha língua não posso comprar nem 2! Essa vida é um barato mesmo!
Acho que tô na média do Brasil até agora: medalha de bronze e só!
Até as próximas compras,

Beatrice, direto das Olimpíadas da vida moderna (e pq não de Pequim?? Todo mundo tá lá, hehe)

Comentários

monica de nazare disse…
Olá Bia!
Já tive as suas mesmas inquietações...mas vale a pena. Tudo são ciclos!!!
Bjs
Monica
Paula disse…
Depois desse texto me senti um pouco culpada....hehehe Não preciso dizer o pq, preciso????
Mesmo assim, adorei!!!!!
Saudades...
Paulinha
andressa juliana disse…
oii prof li todos os seus textos deu p matar a saudade um pouquinho de vc, pois do jeito que vc escreve imagino vc falandoo!!

Saudades e saudades!

e adorei todos!

Parabens!

bjauM
darcilda disse…
Dei risadas de imaginar alguém comprando um chuchu, uma beterraba td de um, rsrs, mas a vida é assim mesmo pretinha. Até MArcão passar pro andar de cima, eu ñ suportava ir na feira nem supermercado, agora praticamente todos os dias lá vou eu pra feira do João Paulo, Ceasa, feira livre da Cohab enfim, tô citando só os mais xiques e, ao contrário do falam pra ti as pessoas me perguntam: a Sra. tem é um sacolão? uf!!
ah! se Parnaíba fosse mais perto todo dia eu mandava teu bandeco pra minha filha ñ passar por esse constragimento, isso sem contar q no mínimo alguém comenta assim: tão linda e tão lisa.

Te amo doidinha

bjus

Dadá
Anônimo disse…
me amarro nos teus textos... sempre encontro pontos em comum,sempre!

no final do ano passado fui fazer uma feira em fortaleza de 4 dias e pintaram outros trabalhos e fui ficando, ficando e qdo vi já tava morando lá..acabei ficando 4 meses... e eu tbem passei por algumas dessas situações... a minha vantagem era q na frente do meu ap tinha um pão de açucar... e além disso era em fortaleza...

mais estragar o leite, e a metade da rúcula ou alface e o restinho dos frios... dá dó né??

uma dica: a alface americana rende mais q aquela outra q nao sei o nome...hauahhahaha

um beijo enorme minha ídola

se cuida
\0/

DaniLima
RÉGES disse…
Olá Bia!! Gostei muito do post "Olimpíadas da Vida Moderna" me identifiquei muito, principalmente agora que estou vivendo meu momento "PÃE", trouxe minha filha p/ morar comigo e estou as voltas c/ babá, casa nova . . . dono de casa e pai de primeira viagem, pense!!! É uma puta de uma experiência nova!! bjão! Estou te aguardando em Barreirinhas! Réges.

Postagens mais visitadas deste blog

Óleo composto de soja e oliva. Não caia nessa!

Esses óleos compostos que tanto enganam os comensais espalhados por ai foram feitos para cozer, não para derramar em cima do prato pronto! Foram criados como uma alternativa para quem está com o orçamento apertado ou não tem costume de cozinhar com azeite de oliva.  Para um prato refogado, por exemplo, fica muito saboroso. O problema é que pelo fato de ser mais barato, os donos de alguns restaurantes de segunda, terceira, quarta e quinta categoria substituem o tradicional azeite por esse composto e a turma desavisada, derrama com gosto em cima do prato. Uma maldade! Vejo o povo jogando em cima da salada, sendo que em todos os compostos, 95%  é de óleo de soja e apenas 5% é de azeite (não extra-virgem!). Esperteza do restaurante que ganha por um produto de qualidade inferior e lerdeza do consumidor que não lê o que está consumindo. O consumo de azeite no país tem crescido assustadoramente, à proporção que  a gastronomia ganhou status de ciência e o poder aquisitivo da população melhorou.  De…

Patinhas de caranguejo ao molho vinagrete

O vinagrete do jeito que eu gosto...

Ingredientes
1Kg de patinha de caranguejo (de preferência do Maranhão, hehe) 2 tomates maduros 1 cebola 1 pimentão verde (que pode ser o da sua preferência) 1 maço de cheiro verde (se você preferir) ou apenas cebolinha 2 limões Sal Azeite para temperar
Modo de preparar
Afervente as patinhas em água com umas pitadinhas de sal. Veja bem, aferventar não é ferver. Basta abrir fervura e elas começarem a ficar cor de rosa, é pra tirar do fogo. Reserve e deixe esfriar. Se ficarem muito tempo no fogo elas ficam duras e na verdade elas devem ficar macias. Após lavar os legumes, corte em pedaços uniformes e bem pequenos, assim como o tomate (que é uma fruta). Para mim, quanto menor, melhor. Misture todos os legumes cortadinhos num bowl, tempere com o suco do limão, sal e bastante azeite. Acrescente um pouco de água filtrada para dar um pouco mais de molho ao vinagrete. Arrume as patinhas num refratário deixando-as com o "cabinho" pra cima. Dessa forma fica mais f…

Extrato de tomate congelado. Pode sim!

Taí que eu não sabia que podia congelar extrato de tomate, acreditam? Perdi a conta das vezes em que deixei de fazer alguma coisinha porque teria que abrir a lata de extrato de tomate, usar uma colher de sopa e guardar [e estragar] o resto. Para minimizar os prejuízos, não só financeiros, mas de consciência também, passei a comprar aquela latinha "elefante" bem pititica. Mas ainda assim estragava metade... Agora, descobri com nossa consultora Andréa, que podemos usar o que vamos precisar e congelar o resto. Será que só eu não sabia disso? Ai que horror! Acho que dá pra fazer assim: abrir a latinha e já separar umas porções para congelar, como está mostrado na foto acima. Mas Andréa lembra: não é bom deixar muito enrugadinha porque quando você for usar, pode ser que o plástico fique difícil de tirar. Melhor deixar assim mais lisinho.
Agora vai lá fazer um macarrão e contra aqui pra gente como ficou, tá?
Inté,